lobo e lua

lobo e lua

25.5.07

Coluna anti-social

A festa na casa do Madruga
(Francisco Freitas)

E aí, rapaziada, cumé qui tão aí? Nóis tá jóia, e ôceis? Olhaí, pessuár, o rango foi beleza antis de onti a noite lá no barraco do Madruga. Nóis pegô uns pescosso de pirú e feis um jantá muito do legar, tão sabendo? Só entrô a nata da arta suciedadi locar, tudo amigu di nóis, ôceis sabi de quem nóis tá falano, nun sabi?
Pur exemplu: ôceis lembra aí du Tuninhu 7 Vida? Aquele, fio da dona Santinha, qui foi presu no carnavá de 87, sortu no carnavá de 89 e adispois foi presu mais ôtra vêis no carnavá de 93? Diz o pessuár lá de riba, onde nóis mora, qui o Tuninho foi presu di novo nu ano paçado, mais ninguêm daqui viu nada, pode sê só cunversa desse povu aí. Nóis, aqui de riba, nun viu nadinha, mais ten uns pilantra por aí que fica falandu esses troçu, nóis nun podi falá si foi ô si nun foi! Bão, qui si dane! U que nóis sabi é qui o Tuninho, qui ten o pilido de 7 Vida pru causo di qui foi pará 7 vêz no uspital pru causa de levá xunbo, e nun morreu, o fela das unhas... intão, essi Tuninho apareseu lá no barracu do noço Madruga. Uzava uma carça marron disbotada, toda suja de lama, un sapato pretu nu pé isquedu e un sapatu marron no pé dirreito. Paricia qui un era maió du qui o ôtro tamém. Bão, eu fiquei arreparando nu cara, todu arrebentadu di bala, e inda di pé, inchendo a cara de goró e querenu garrá a Zildinha, a fia da dona Ingraça, que lava rôpa lá na casa do dotô Maxado.

Eu num lembru muito bem du qui qui foi qui acomtesseu adispois. Tumei un gole duma pinga isquisita, nunca tumei antis, e cordei agurinha agurinha, cun a muié du Biu mi mandano preça maquina e contá cumo é qui foi a festa lá no barraco du Madruga. Mais eu só alembro inté a ora qui xegô u Tuninho e mi dero a pinga. Si eu alembrá u qui qui ôvi adispois, eu vorto aqui e contu procêis, tá bão? Intão, inté. Nóis vorta mais tardi, tá bão?

2 comentários:

Cadinho RoCo disse...

É como aponta o ditado: No mundo tem pinguço pra todo e qualquer tipo de pinga.
Cadinho RoCo

Sheherazade disse...

Ô, Xicão!
Só ti alembro duma coisa: CONDE BEBO NUM TEM DONO, visse, bixin?
Mais uma carraspana dessa e tu perde o monossíbo fedorento, home!
SE CUIDA!