lobo e lua

lobo e lua

1.4.08

Primeiro aniversário




DEIXEM O SOM LIGADO!!!!!!!

Bem, aqui estamos. Um ano de Jornal da Lua. E como este blog começou? Em novembro de 2006, meu velho amigo Cadinho RoCo lançou o seu blog. Foi uma surpresa para mim. Quando ele me disse, o blog já estava no ar. Meses antes, eu tinha levado outro velho amigo de minha família, o jornalista Symphrônio Veiga, até a casa do Cadinho.

Há anos, Cadinho distribuía folhetos, feitos em casa, com crônicas, poesias e reflexões, por vários lugares de Belo Horizonte, onde moramos. Eu sabia que o velho Sym tinha um blog num site daqui e minha idéia era que Cadinho alcançasse um público muito maior, através da internet.

Sym Veiga colocou Cadinho em contato com o administrador do site, que logo viu que seu material era bom. Dias depois, ele já estava com seu blog no site. Foi lá que ele conheceu uma brasileira que morava na Inglaterra. E ela, fã de seus textos, fez o blog exclusivo dele.

Blog no ar, de vez em quando o Cadinho me dizia que eu também deveria ter um. Eu pensava nas dificuldades, ou seja, no tempo que poderia dedicar ao blog. Ele postava diariamente e ainda respondia aos comentários que recebia. Isso me parecia mais um trabalho do que um hobby. E, de trabalho, eu já estava cheio!

Pouco antes de meu aniversário, em março de 2007, eu pensei no que me impedia de fazer o blog. Além do tempo, eu não queria ficar restrito a um tema apenas. Ou seja: não queria ter um blog apenas de contos, ou de poesias, ou apenas do que quer que fosse. Queria um blog amplo, tratando de diversos assuntos. Mas, como resolver esse impasse? E a questão do tempo? Eu já tinha visto uns blogs abandonados, como um cão abandonado nas ruas, seguindo alguns links da página do próprio Cadinho. Aquilo me pareceu muito deprimente.

Pensei, então, em fazer não um blog, mas um site, como o do meu irmão Celso, o Uma Coisa e Outra. Com a colaboração de muita gente, todos poderiam escrever, sobre qualquer assunto. E não teríamos caixa de comentários, porque eu me conheço e sei que poderia causar muita polêmica por aí.

Sou o que se chama de “livre pensador”. Meu ídolo, neste caso, é Bertrand Russell. Sendo um livre pensador, não me prendo a nenhum dogma, a nenhum partido político, a nenhuma religião. Penso e escrevo a partir de minhas próprias conclusões, certas ou erradas. Se, mais tarde, mudo de opinião, não tenho vergonha em admitir e mudo de rumo. Como fazem os cientistas.

Na minha profissão de jornalista, eu sempre pensei muito, mas raramente publicava o que pensava. Porque trabalhava nos jornais, nas revistas, nas emissoras de rádio ou TV de outras pessoas. Eu não era o dono. Era apenas um funcionário contratado, que recebia um salário para trabalhar de acordo com a filosofia empresarial do dono do lugar. Na verdade, escrever sobre o que eu pensava era o que eu menos tinha feito, em toda a minha carreira, inicialmente no Rio de Janeiro e, a seguir, em Belo Horizonte.

A idéia, então, começava a tomar forma. Eu poderia convidar vários amigos, que poderiam me indicar outros amigos, e faríamos um jornal virtual. Como o antigo “Pasquim”, que foi o melhor jornal que conheci e li durante a minha adolescência nos anos 70. Comecei a fazer convites para várias pessoas, de vários locais. Eu pretendia dar destaque a “notícias falsas”, ou seja, eu criaria as notícias ou debocharia das que existem. Publicaria, finalmente, o que pensava, e não o que o dono da minha empresa queria.

Falei com Cadinho que iria fazer um site, e não um blog. Mas, precisava de ajuda. Eu não entendia nada de internet. O que seria HTML? E RSS? Caraca, e Feed? Descobri que algumas pessoas fazem sites, mas cobram uma nota e a coisa poderia sair, esteticamente, bem diferente do que eu imaginava. E o ideal seria que a data de lançamento acontecesse no dia primeiro de abril, consagrado como o “dia da mentira”. Não existiria dia melhor pra lançar meu jornal virtual!

Cadinho me disse que também não entendia nada de internet, e quem quebrava todos os galhos era sua amiga da Inglaterra, mas estava viajando. Lembrei, então, da Débora, secretária da editora onde trabalho, e que sempre me ajudava nas minhas lutas contra o computador. Ela disse que faria o trabalho básico, de montar o site, sem problemas.

Porém, a vida nos prega peças. Uma semana antes do primeiro de abril de 2007, Débora pegou uma doença esquisita, debaixo do braço, e teve que ficar de licença, em casa, sem poder trabalhar no computador, pois tinha que ficar com o braço apoiado numa tipóia.

Pra adiantar as coisas, resolvi entrar na internet, via Google, e pesquisar como fazer um site. Passei dois dias tentando, até que vi que, sozinho, seria inviável. Foi quando resolvi experimentar fazer um blog, pra ver se seria mais fácil. A princípio, seria. Mas, o que uma criança de 10 anos faria em cinco minutos, eu levei cinco dias pra fazer! Consegui formatar o blog, mas ainda não tinha um nome, nem uma idéia precisa de como ele seria, esteticamente. Também não tinha conseguido nenhum colaborador, ainda.

Numa noite solitária, no final de março de 2007, eu iria, finalmente, dar um nome ao blog. Seria “Jornal... e daí?” Não podia ser um nome “normal”, como Jornal do Brasil, por exemplo. Foi quando olhei pela janela. Lá estava a Lua. Imensa, brilhante! Se eu não queria um nome “normal”, que tal um nome “lunático”? Pronto! Estava resolvido: Jornal da Lua!

A duras penas, arriscando, perdendo tudo e voltando novamente, consegui colocar o Jornal da Lua no ar, na madrugada de primeiro de abril de 2007. Como os colaboradores ainda não tinham me dado nenhuma resposta, achei melhor criar personagens, como se o blog fosse escrito por várias pessoas, minha idéia original. Meu amigo do Rio de Janeiro, Chico de Paula Freitas, por exemplo, ganhou não um, mas dois personagens: Francisco Freitas, o colunista anti-social, o oposto dos colunistas sociais, e Chico PF, o contista, já que ele tem um livro publicado.

Débora seria a Deb, inicialmente editora adjunta e, depois, administradora do blog. Outros personagens surgiram assim. Eu pensava que meus amigos, uma hora, me dariam a resposta: “Sim, aqui está nossa colaboração para o blog!” Ledo engano! Na vida real, isto nunca aconteceu.

Porém, assim que o blog surgiu, eu entendi que blogueiro só é ajudado por blogueiro. Cadinho anunciou, no seu blog, o lançamento do Jornal da Lua. Enquanto isso, eu fazia minhas pesquisas, tentando anunciar em alguns blogs que o Jornal da Lua existia. Lembro que fiquei quase três horas pesquisando, e frustrado com a qualidade do que encontrava. Para aquele pessoal, eu nunca me anunciaria. Foi quando encontrei o Mãe Global.

A princípio, nada nos identificava. Era um blog sério, tratava de assuntos relacionados à Educação, a criação de filhos, por aí. Mas, uma coisa era inegável: a alta qualidade dos temas, e aquela escrita perfeita, de autoria de Rosana Watson. Àquela altura, Cadinho já tinha tirado da minha cabeça a idéia de não colocar a caixa de comentários. Ele tinha recebido queixas, de blogueiras amigas, dizendo que queriam me dar as boas vindas, mas, sem os comentários...

Eu tinha publicado quatro ou cinco posts, com “notícias” falsas, meras piadas, ou colocado absurdos em situações verdadeiras, transformando uma notícia real numa piada. Criei apenas um e-mail, como via nos sites. Mas, o Cadinho me alertou: “Nem Madre Teresa vai te escrever. Abre a caixa de comentários, ou você não saberá quem te lê!”

Resolvi experimentar. Pra minha surpresa, logo nos primeiros dias começaram a chegar os comentários. Fiz amizades que me acompanharam ao longo desses 365 dias. Rosana, por coincidência, também havia criado o Mãe Global há poucos dias, e começamos a fazer amizades com as pessoas que passavam em nossas caixas de comentários.

Também fiquei impressionado com uma jovem blogueira de Teresina, no Piauí, a Juju, então com 14 anos! Jamais imaginei uma blogueira tão jovem, e, ainda por cima, tão talentosa. Depois, Rosana me disse que o filho de uma amiga, de 13 anos, acessava o Jornal da Lua todos os dias, em busca de posts novos, e se divertia muito com tudo, textos e imagens. Eu imaginava escrever para um público mais velho, pelo menos com mais de 20 anos, mas descobri, aos poucos, que quem gosta de blogs, ou escreve um blog, na maioria, é o pessoal bem jovem mesmo, entre 13 e 20 anos.

Como tenho alma de adolescente, vi que estava entre pessoas iguais. Hoje, por exemplo, tenho na minha relação de links um blogueiro de 63 anos e uma blogueira de 13 anos. Cronologicamente, 50 anos os separam. Mas, no mundo virtual, o tempo não existe. Prova disso é que os blogs dos dois estão linkados, eles trocam comentários sem o maior problema.

E foi na blogosfera que conheci dezenas de pessoas maravilhosas. Citar todas aqui seria cansativo para quem está lendo agora, e este post já está ficando maior do que eu queria, parecendo aqueles posts enoooooorrrmmmmeeeeeeeessssssss da nossa querida Mah, do Infinito Particular. Mas, quase todos os blogs linkados aqui à direita são de pessoas que considero amigas mesmo! Três delas já trabalham comigo, via internet, em uma das revistas que edito.

É interessante destacar que existem blogs de homens que são bons mesmo, como os de Alex E, Santilli, Rayol e André Wernner. Mas, nada que chegue perto dos blogs das garotas! A começar pelo visual.

Amanda Oliveira devia estar fazendo uma pesquisa sobre a cidade de Santos, quando chegou ao Jornal da Lua. Pois deixou ali um comentário sobre a música “As Curvas da Estrada de Santos”, que eu havia publicado no post. Foi através dela que cheguei a dezenas de blogs excepcionais, a começar pelo Chá das Cinco, editado por ela, Amanda Bia, Ana Benevan, Ana Fernandes e Jaya.

Dali, cheguei a blogs nunca imaginados por mim, de altíssima qualidade, editados por meninas a partir de 13 anos. Na época, fiz até um post em homenagem a essas estupendas blogueiras, colocando uma delas como personagem principal, a excelente Kamilla Barcelos, do Mundo Efêmero. Com 16 anos (hoje “já” tem 17, não é Kamilla?), escreve muito melhor do que a maioria dos jornalistas que conheço. O segredo é que essas jovens blogueiras não vivem apenas na internet. Procuram bons livros, bons autores. Como Clarice Lispector, que parece ser uma unanimidade entre elas.

Finalmente, reconheço que não é o momento para falar de coisas tristes, mas não contamos mais com a presença de uma blogueira excepcional como a Patty, do blog Palavras. Nos últimos nove meses, o Jornal da Lua recebeu dela colaborações maravilhosas. Imagens, textos e um apoio constante. Eu pedia uma ilustração, por exemplo, e ela me mandava duas! Boa parte do visual atual do blog foi feito por ela. Há pouco mais de uma semana, ela disse que iria fechar o Palavras. Meus pedidos para que reconsiderasse foram em vão.

Fica a torcida para que ela volte um dia. Patty deixa um vazio, porque é daquelas autoras incomparáveis, como Yvonne e Betty. Existem blogs parecidos com outros, mas também existem blogs incomparáveis. O Palavras era um desses raros. De minha parte, fica uma gratidão eterna.

Muito obrigado a todos, de coração, e espero contar com vocês novamente no próximo ano. Cada um, a seu modo, deixando a sua contribuição para um mundo melhor. E, aqui, eu não falo apenas do mundo virtual.

Grandes abraaaaaaçoooooooos, grandes bjoooooooooooooossssssssssssssssss!!!!!!!

64 comentários:

tita coelho disse...

Uau! Sou nova na casa e adorei como tudo começou! Parabéns pelo blog! quando voltei aqui para agradecer a visita pensei: tchê como é que não conheço esse blog ainda?
Parabéns, longa data ao jornal!
beijos

Yvonne disse...

Bill querido, obrigada por ter enviado um convite para prestigiar essa grande festa. Os comes e bebes estão maravilhosos, tá tudo perfeito. Obrigada também pela citação da minha humilde pessoa e vamos cair na gandaia. Que o Jornal da Lua tenha muitos anos de vida. Beijocas

Teresa disse...

Ebaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
Parabéns pro Jornal da Luaaaaaaaa!

Essa longa história tá só começando... O blog ainda é um bebêzinho de berço, e é 1 aninho de muuuuuuuitos outros que ainda virão.

E eu tô adorando fazer parte dessa história comentando aqui todo dia e lendo esses textos que me divertem tanto!

A gente que agradece pelo Jornal existir hehehe.

=*

maristela disse...

Bill! Primeiro abraço é eu, que honra! E esse é um dia para te agradecer, em especial. Sua leveza que você disfarça com ironia, tem me ajudado muito a equilibrar esta tendência gaúcha de chutar o balde na primeira contrariedade. Isso, pra mim, é fundamental. Teus mails muito me orientam. E quando estou pra lá de bagdá de furiosa, corro aqui pra ver que a vida não é tão séria quanto penso, que tem riso no fim do túnel. Por isso, obrigada, obrigada, obrigada.
De sua relapsa correspondente
Marie Étoila, sempre uma pretensiosa brasileira que se acha afransesada

mãe global disse...

Bill,
É um prazer enorme comemorar com você o primeiro ano do Jornal da Lua. Adorei saber a história do jornal desde o começo, é incrível lembrar as dificuldades do começo quando não sabemos quase nada e quem vamos encontrar. Neste primeiro ano não podemos nos queixar, quantas boas companhias tivemos hein! Eu agradeço a você por este ano, todo o incentivo que me deu, semana a semana! Eu provavelmente não vou comemorar um ano do mãe global porque vou precisar dar um tempinho. Mas comemorar aqui já é uma comemoração pra mim também. Estou chocada em saber que Patty parou, não estou entendendo...Não quero também falar de coisas tristes e das ausências que não gostaríamos de ter. Vamos hoje comemorar o primeiro ano do Jornal da Lua e que venham vários anos pela frente com muito humor inteligente, que é o que tem de melhor aqui! Parabéns!! Muitos anos de vida!
Beijos
Rosana

Ricardo Rayol disse...

Meu amigo aniversários sempre são bons mas o mais importante é manter a cadência e não deixar que a falta de idéias o assombre. longa vida ao Jornal da Lua e obrigado pela referência.

ELISABETECUNHA disse...

Bill

VC e especial pra mim,cada visita,cada comentario tomo como uma aula.
Amo vir aqui!!!

PARABENSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Grande Bill

Parabens pelo aniversário do Jornal da Lua!
Linda a história do blog.
Vai firme, companheiro, conte sempre com o BOA LEITURA e CRÔNICAS, meus principais blogs.

Abração do Luiz

Marcela ツ disse...

ÊEEE!!!

"Hoje vai ser uma festa, bolo e guaraná, muito doce pra vc!" Como diria a Xuxa auuahuahuaha
Parabens pro Jornal da Lua, parabens pros editores e colaboradores desse blog tão bacana!

É Bill véio de guerra, quem diria que um post seu superaria a minha mania de escrever bíblias on-line kkkk mas adorei, ficou um texto delicioso e interessante.
Claro que meu ego deu uma super inflada de ver meu nomezinho aí ;)

Ah, eu conheci o Cadinho RoCo, até troquei e-mails com ele por um tempo, mas eu devo ter sido muito chata, porque ele nunca mais me respondeu =/

E eu sou fãnzoca do Pasquim! No finalzinho da página do Infinito, lá no rodapé, tem uma frase que tirei do Pasquim =D

Sou muito feliz por ter encontrado um blog divertidissimo como o Jornal da Lua e um amigão como vc!
Feliz aniversário pra vcs!
Beeeeeeeijos
Mah

Kamilla Barcelos disse...

Parabéns p/ o Jornal da Lua!!
Eu adoro ter blog, pq com ele eu conhceço várias pessoas (como vc Bill), idéias diversificadas...
Não tem nada mais decadente do q ver um blog abandonado!
Fiz uma prova a 4 semanas, nele tinha um texto de Bertrand Russell e me lembrei de vc, pq foi vc que primeiro me apresentou sobre ele!
Eu tb tinha pensando em fazer um site primeiramente, mas achei mais fácil um blog. Hj até prefiro este, uma vez que podemos ler os comentários das pessoas.
É verdade, tem pouco homem na blogosfera!
Fico mtooo feliz em lembrar aquele post q vc fez especialmente p/ mim, eu até o gravei no meu pc. Várias vezes eu fico relendo! Mtooo obrigada novamente! E quero q saiba q toda vez q eu vou escrever um post eu imagino "Será q o Bill vai gostar?!" Vc é um grande incentivo p/ mim! Hj eu tenho 17 anos! hehe

Celso disse...

Parabens, mano Bill.
Já que não te cumprimentei pelo teu aniversário - a esta altura da vida nem é bom lembrar -saúdo o primeiro ano do Jornal da Lua. É o único jornal que leio e acredito no que lí.

Abração
o manovéio

andre wernner disse...

Ilustre jornalista Bill
Aproveito o ensejo para cumprimentá-lo pelo primeiro aniversário do seu excelente Jornal da Lua, sem dúvida um marco na história recente da blogosfera. Em pouco tempo, o seu blog se tornou leitura obrigatória e de qualidade irrepreensível.

Grato pela citação do meu nome no artigo e fica aqui o testemunho da minha admiração e respeito pelo seu trabalho em mais essa frente.

Parabéns, sucesso e bola pra frente, “cumpanhêro”.
Abs

P.S.: Ainda estou fora da minha base... Já, já eu volto ok?

carla granja disse...

Meu amigo ,muitos Parabens para este teu jornal que eu tanto gosto de ler ,por pouco fazia anos no mesmo dia k eu k foi no dia 28 de março eh,eh,eh
★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★
♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥
★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★
º.•.•´º.•.•´º.•.•´º.•.•´º.•.•º´.•.•´bjosssssss,carla Granja
º.•.•´º.•.•´º.•.•´º.•.•´º.•.•º´.•.•´º.•.
¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸
★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★`·..·´★

andre wernner disse...

Caro Bill,
Em manchete e momento extraordinário, interrompi o vácuo do meu blog para registrar o aniversário do Jornal da Lua. Afinal, são trezentos e sessenta e cinco dias que parecem uma eternidade diante do ‘apenas’ UM ANO de vida, né?
Parabéns
Abs

Ronald disse...

Grande Bill, cheguei aqui através do André Werner que postou uma homenagem à você. Curiosamente, meu modesto espaço faz aniversário em 1 de maio, dia do trabalho...

Mas parabéns e, pelas indicações, ganhou mais um leitor

Grande abraços e novamente Parabéns...

Sueli disse...

Happy birthday, Bill!!!! Que satisfação enorme por ter conseguido não perder esta data tão importante! O seu blog é um dos que mais visito porque êle é pra lá de ótimo! Divirto-me muito. Tenho ficdo dias sem postar e sem visitar meus amigos, por diversas razões, mas logo, logo, tudo voltará ao normal. Obrigada, Bill, por ter me avisado. Beijo grande e muitas felicidades!!!

Erica Costelinha disse...

Heyyy, tem presente pra vc lá no crazy feelings...não...não eh brincadeira de primeiro de abril...


beijoooooo

-x-Maah disse...

Um ano! Parabéns pelo blog,parabéns mesmo,por que tá realmente show!É realmente interessante,divertido e diferente ,dá vontade de continuar lendo mais e mais =D

Um ano já é uma vidinha,bem novinha mas é,só você sabe o quanto se esforçou pra criar o blog!Espero que venham muitos outros anos de sucesso!

bjus

JuJu disse...

É HOJEEEEEEEEEEEEEEEEEEE! Parabéns, Jornal da Lua! E um Feliz Dia da Mentira!
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

Lelinha disse...

O desejo é que desse 1 de sucesso.. venham muitos e muitos outros!

Parabéns a todos que fazem do "Jornal da Lua" o sucesso que ele é..

Beijo grande à equipe!

Layla Lauar disse...

Poxa Bill..tentei chegar aqui antes que o dia virasse, mas foi impossível.

Adorei ficar sabendo como tudo isso começou, sei que deu trabalho mas valeu a pena...

Tudo de bom procê e para o Jornal da Lua, não tenho vindo sempre por falta de tempo, mas quando venho, fico um tempão e atualizo a leitura.

parabéns..beijos todos e + um tantão

Magui disse...

Parabéns pelo niver.Espero que seja o primeiro de muitos anos e que vc não pare quando tiver alguma crise.

Nadezhda disse...

Não tinah reparado na quantidade de imagens que esse blog tem! E no começo achava mesmo que eram várias pessoas que o escreviam, mas depois fui 'entendo' mais esse jornal que é a 'opisição' de tudo!

E adoro, por isso que entro sempre.

Parabéns pelo aniversário do blog ;)

Sheherazade disse...

Bill, querido
Cheguei um pouco atrasada pro parabéns, mas não poderia, jamais, deixar de vir prestigiar o aniversário do advento do único jornal que ainda leio neste país. Pelo que vejo, acho que tenho que agradecer ao Cadinho Roco por ter sido o pai da idéia da sua criação. Eu amo esta publicação e,embora esteja voluntariamente sumida da blogosfera, não deixo de bater cabeça aqui a cada nova postagem ... E eu sou besta!
Vida longa ao Jornal da Lua e surtos de inspiração pra ti, sempre, porque isso aqui é bom demais. PARABÉNS!!!

Com beijinhos e tudo

Gabi disse...

Ei, Bill :)

Parabéns por este primeiro ano de vida, obrigada por ter me guardado bolo, guaraná e brigadeiro (ah, não tem brigadeiro?! Se vira, quero um JÁ).
Olha, seu blog é de uma qualidade incrível, virei fã já, adoro pessoas que escrevem bem.
Muitos e muitos anos de vida pra vocês e obrigada pelos comentários no meu cantinho.
Um beijo grande!

Nathália disse...

Nossa! Acho que essa foi a história mais interessante que já li sobre a criação de um blog.

Li alguns posts anteriores e só posso dizer que a qualidade desse blog é alta! Alta mesmo!

Parabéns pelo 1 ano de muita coisa boa escrita, pois mesmo sendo da Lua, aqui a fase é sempre a mesma: ótima!

Beijo!

Ana Laura disse...

Parabéns para você para o seu blog Bill. Eu sou novata nessa onda, meu blog fêz 1 mês, mas eu já percebi que é muito a minha praia. rs

Muito obrigada pelos gentis elogios e comentários.


Outros!

-x-Maah disse...

mas é claro que o nome do seu blog vai ficar nos links junto com o da Bruna!E muito obrigada por colocar o meu blog nos seus links também ,e claro,por guardar um pedaço de bolo!^^


obs: a China é estranha mesmo,nem liga ._.

AnaLua disse...

Querido Bill, parab�ns! Concordo com vc quando fala dos blogs das adolescentes... que compet�ncia, hein? Meu filho, de 10 anos tb fez um blog, onde ele faz adapta�es malucas dos contos de fadas, ele adora escrever, e tem talento.
N�o posso deixar de comentar sobre o post passado, sobre o menor conto de fadas do mundo... a-do-rei!!!
Beijos enluarados!

Fláh disse...

Eu tinha que aparecer née?
Pois então aqui estou.

hahaha

Loogo logoo volto, talvez antes das 2 semanas, so precisando refletir e me dedicar a alguns assuntos relevantes agoora.


Poreeeem aniversario é aniversaario;

Ebaaaa!

;)

Anna Clara disse...

Sto lat Bill.
Muitos e muitos e mais e vários anos.


P.S.: O bolo e guarana prometidos são o da festa né? :)

Andreia disse...

PARABÉNSSSSS!!!!!!!!! Espero que vocês comemorem muitos anos maissssssss!!!


Queridos,
Tá rolando uma votação lá no meu bloguinho! Passa por lá pra dar sua opinião, ok?

Beijão e FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

~ мillє disse...

Putz! Parabéns!
Você merece, viu?
Seu blog é um sucesso,
você escreve muito bem!
Obrigada pelo pedaço de
bolo rsrs...

Você em faz um favor?
Me add aí, eu te add
no msn mas num sei se add
direito...
meu e-mail é:

millecn@hotmail.com

Continue assim, viu?
Seu blog é dez!
BEijão

alex e! disse...

...opa, será que sobrou bolo pra mim??? agora sério: eu fico muito feliz mesmo quando vejo um blog de qualidade e de conteúdo tão inteligentemente irônico como o Jornal da Lua completando um ano de vida. Isso é a maior contra-prova pros que dizem que não há nada que "preste" no mundo cibernético - e especificamente na blogosfera... Achei o máximo saber de toda essa estória-história desde os primórdios do blog. Na verdade, nem me lembro mais como cheguei aqui, só sei que, assim que li o primeiro post, sabia que voltaria mais e mais vezes... esse jornal é viciante!!!! Desejo tudo de ótimo ao blog e brindo de antemão a mais décadas e décadas de existência!!!! PARABÉNS!!!!
ps: e, claaaaaro, muito obrigado pela menção honrosa a um simples aprendiz de blogueiro aqui...

Alcinéa Cavalcante disse...

Parabéns e vida longa ao blog.
Cheguei aqui via André Wernner. Gostei muito e voltarei sempre.

Cadinho RoCo disse...

Desculpe a demora em vir aqui, meu caro Bill, mas é que passo por experiência das mais desafiadoras da minha vida e isso instalou em mim verdadeira revolução. De qualquier maneira, parabéns pelo aniversário do Jornal da Lua e o que fiz, saiba, foi só unir o útil ao agradável. Eu não poderia deixar que seu talento ficasse à margem do que pode um blog proporcionar a ele e a todos nós. Grande abraço e sigamos agora por um novo ano de publicações.
Cadinho RoCo

Celle disse...

Ai q vergonha! *põe a mão no rosto e abaixa a cabeça*
Eu ando tão distraída, que nem notei seu nobre convite! Mas sério que meu pedaço de bolo ta guardado!? Poxa! Consideração é mesmo tudo! heheheehhehe

Bjussssssssssss

Celle disse...

ps: odeio dar parabéns atrasado, então...fica no ar hahahahaa

Amanda Bia disse...

eu não sabia que você aceitava qualquer tipo de colaboração! se precisar de uma ajuda p/ fazer um template novo, ou se quiser algum texto específico, pode me pedir também que eu ajudo você, hehehe!
parabéns para o blog! ele é muito divertido e eu adooooro aqui! que dure muitos anos mais!
beijos!

letícia * disse...

parabéns...!!!!!

quero o bolo, o guaraná e o brigadeiro \\o//

muitos anos de blog :-P


bjossss*

Mylene Ribeiro disse...

Parabéns pra vc ...parabéns paro o Jornal....

Bill mas que saudades e voltei logo em hora boa hein ?!!!!

Festa !!!!!

Ultimamente andei meio sumida...mas não dá pra ficar longe da Blogosfera :)

E olha só como o mundo é pequeno, eu tb comecei a trabalhar num jornal . JB, conhece ?!

Bjos

B!ah♥=D disse...

Ah claro,Clarice Lispector é uma unanimidade entre nós,"as blogueiras de 13 anos"...
Nossa,isso soa como um rótulo não é mesmo?
Minha vergonhosas desculpas pela ausência,mas o tempo não está seno muito generoso comigo...
Desejo ao seu blog espetacular uma vida intensamente longa,além do desejo de que você alcance muito mais do que essa marca fortemente grandiosa que você já alcançou...


Felicidades;
(onde está minha Coca-cola?)


=D

Leticia disse...

Eu fuçando cheguei aqui.
E adoro.
Muito bom conhecer a origem Bill.

Que o blog tenha vida longa!

Natália disse...

Nem preciso falar nada né! 42 comentários de parabéns, vo falar mais o que???
Parabénssss!!!!
Bjus Bill!!!

Nana Lopes disse...

Sorvete?voce falou em sorvete??
Bill querido, me desculpe pela ausência! Um acúmulo de atividades nesses ultimos tempos tem me tirado o tempo para visitar os cantinhos que gosto e comentar,mas sempre passo para ver as novidades.
Aqui estou em especial para te dar os parabéns pelo sucesso do Jornal da Lua. Sinto-me honrada em fazer parte de seu público assiduo e seleto.Que venham muitos e muitos anos.
Felicidades para voce e toda a sua equipe.
Muita paz,amor,critividade, bom humor,grana no bolso (e por que não?) e saúde plena para poder usufruir de todas essas benção.
Beijokas e brigadeiros de letrinhas pra voce!!
Muack!!!

Ana Laura disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh peraíííí!!!

Você está dizendo, assim do nada, que conheceu Clarice Lispector??? Que foi duas vezes á casa, ou melhor, ao apartamento dela?????


Meu senhor, você não sabe como eu queria ter estado frente a frente com a musa enigmática. Queria tanto saber de tudo, dos detalhes. Como era aquele olhar? Ela era mesmo linda? Falava com poetismo como naquela entrevista à tv cultura? Não era simpática? Como era o apartamento dela? Tinha flores? ah, meu Deus, como eu queria...

Cheguei nesse mundo atrasada. Quando nasci, Clarice já havia ído embora há quase 10 anos.

Sinceramente, você é um ser privilegiado!


Grata pelos elogios, mas desculpa, não tem nem cabimento me comparar a ela.


Outros!

Nathália disse...

Vá no meu blog, pois tem uma coisa pra você lá.

:D

elisabete do encanto disse...

Bill

Ja tinha vindo aqui............
voltei pra comer mais boloooooooo!
te adoro!!!!

Betty disse...

Bill querido

O dia do aniversário passou, mas a festa continua, já que ninguém está a fim de ir embora.

Cheguei bem atrasada, mas sei que você vai me perdoar, que amigos costumam ser generosos uns com os outros. Nem preciso dizer o quanto gosto de você e do seu blog, você sabe o quanto lhe quero bem e o xodó que tenho pelo Jornal da Lua.

Um beijinho carinhoso, e que possamos festejar muitos outros aniversários desse espaço maravilhoso!

Vida longa e próspera ao Jornal da Lua!

Betty

Lilah disse...

Oi,Bill!

Feliz Aniversario de Blog!
fico super feliz,
não li o post inteiro,
pq to passando correndo,
mas fico mto beem quando vjo seus comentarios sempre bacanas.
valeu,mesmo?
consegui um livro de Lima Barreto,Os bruzudangas!

beijoo!
sorte sempre!

Marcela ツ disse...

Voooote Bill!! 50 comments! =D

Bem, só tenho a dizer que com um comentário daqueles, vc mata a minha pessoa!
haha

Beijos, bom fds!

PS: mode ancious: on advantage

Bruna disse...

Oi Bill,

Só não vim antes porque estava viajando. Parabéns!!você tem um blog que eu considero dos melhores! Um ano é pouco, que vengam muchos más!

Viva a sua lucidez, ao ter lembrado aqui que pra escrever bem não precisa ser jornalista, mas é fundamental ler. E Clarice é sensacional, é a pedida.


Um grande beijo

Nathália disse...

Morri de rir com o vídeo! Tirando a parte da Cicarelli, isso devia mesmo ser uma brincadeira pras crianças. Rs

E quanto ao texto de Bertrand Russell, li uma vez mas não prestei muita atenção. Hoje estou aérea. Mas no fim da tarde vou ler de novo, tenho certeza de que estarei mais atenciosa.

Beijo!

Garota viajante disse...

Só hoje eu fui ler um comentário q você deixou para mim já algum tempo, em um post "antigo" do meu blog.


Resolvi visitar o seu e me deparei com essa linda história. Nossa, você está de parabéns! O blog é maravilhoso, a história dele é ótima, a idéia prrincipal dele é super interessante e tudo mais.

Prentendo voltar sempre aqui e te linkarei ok? Fique a vontade para fazer o mesmo. E por favor, volte sempre ao meu blog. Me sentirei lislongeada (meldeus... escrevi certo?) com os seus comentários aos meus posts e espero q depois vc possa me contar de como é ser jornalista já que essa é uma das profissões q eu considero muito para o meu futuro.

Espero q o seu blog dure muitos e muitos anos.

Mais uma vez, parabéns!

Beijinhoos ;*

Anônimo disse...

Parabééééééns pra esse Jornal perfeito!!!!!!!
É uma honra poder folhear essas "páginas", e mais ainda fazer parte dessa festa.
Palmas incessantes!
E muuuuuitos posts pela frente, como sempre magníficos!
Beijoooo

menina lunar

Chico Paula Freitas disse...

Parabéns pra você, nesta data querida, muitos anos de vida BOA!
Abraços,
Francisco

Dominique disse...

Olá, desculpe por ir entrando assim, mas quando vi que o dono do blog era mineiro tive vir correndo para dar uma olhada. Mineiro é desconfiado, mas também muito curioso!

Adorei saber da história da criação do blog e principalmente que ele está fazendo um ano.
Parabéns pelo espaço! Bem bolado, bem feito e com textos muito interessantes.
Vou voltar sempre aqui!

Um abraço!

symphronio veiga disse...

Parabéns, Bill, pelo aniversário do Jornal da Lua.
Ele está cada vez melhor.
Gostei de você me citar, me senti honrado pelo amigo.
Abs
Symphronio

Nathália disse...

Hahaha, em pleno sábado.
Isso não é de Deus mesmo. Mas eu assisti ao vídeo Dança do Quadrado umas 6 vezes e fiquei mais alegrinha.

Beijo!

Bruna Lovegood disse...

Oi! =)
Cara, parabéns memso! Adoro esse blog, e, percebi que realmente a maioria que lê é menina! E obrigada por falar que as meninas escrevem mais e melhor (e por tempo, tbm), que os meninos! hauhsuahsuah

Vc é jornalista, né?! Eu ultimamente venho pensado em faezr jornalismo, mas não sei se sirvo pra isso. Faria só pra escrever em alguma revista, algum jornal...Sinceramente, aqui em Joinville- SC, tem um jornal que tem um colunista que escreve errado, e palavrões, coisas feias, e mais sobre ele do que em um senso comum ou algo do gênero. Escrevo melhor que ele!

Paloma disse...

Minha primeira visita e cheguei logo numa data importante! Para béns ao Jornal da Lua!Adorei a história do blog!

Patty disse...

Oi Bill,

Demorei, mas vim.
Parabéns ao JL e que venha outros anos para serem comemorados. Quanto a minha ajuda, não foi nada, nem precisava agradecer, mas sempre foi de coração e saiba que se precisar, eu posso ajudar.

Quanto ao “Palavras”, abri a página. A caixa de emails lotou de gente pedindo convite pra entrar no blog como se eu tivesse postando sendo que não estou. Quando eu conseguir me sentir melhor eu volto, quem sabe?

Foi uma bonita festa! Parabéns novamente!
Um beijo e boa semana!

Ana Paula disse...

Billl... Me desculpe, ando fora da rede nas últimas semanas... Meus parabéns atrasados... A-do-ro o jornal da Lua e venho sempre que posso.

Vida longa ao seu blog!

Beijos!

Jaya disse...

Uau! Casa cheia, hein? Também, quem manda ter uma redação tão sem igual desse jeito?

Manter um blog não é nada fácil. Manter um blog como o Jornal da Lua, menos fácil ainda. Extremamente difícil. Porque por aqui não é apenas boa escrita. São boas idéias, bom humor, acidez, sarcasmo, críticas, tiradas inteligentíssimas, coisa fina, minha gente! Rs.

E é por isso que eu demorei, mas tive que aparecer pra dizer o quanto sou fã desse canto de Lua. Quanto me faz bem ler esse Jornal.

É bom ler esse post quilométrico, e notar que de uma forma ou de outra, acabei fazendo parte dessa história, desse primeiro ano. Adorei demais!

Bill, PARABÉNS ao Jornal da Lua.
PARABÉNS a você!

E ano que vem eu apareço, e com presentes! Rs.

Beeeeeeijocas.
:*