lobo e lua

lobo e lua

6.1.08

Metaleiros são condenados a ouvir música sertaneja

Patty Moon
A MINHA, A SUA, A NOSSA REPÓRTER ESPECIAL!!!


No Brasil, dizem que “algumas leis pegam, outras não pegam”. É, mas agora parece que uma vai pegar hehehe!!!

Depois de receber uma série de reclamações, um juiz de uma cidade do Sudeste brasileiro, que pediu “pelo amor de Deus” para nossa reportagem não citar seu nome, condenou todos os metaleiros e rappers que deixam seus botões de volume “no talo”, em casa ou no carro, incomodando vizinhos, motoristas e transeuntes.

Os infratores são presos e obrigados a ouvir música sertaneja durante uma hora seguida, trancados numa sala. Do lado de fora, observando através de um vidro a prova de som, ficam os oficiais de Justiça, que não permitem que eles tapem os ouvidos.

Caso os infratores insistam em tapar os ouvidos, são amarrados numa cadeira. O repertório inclui diversas duplas sertanejas e também cantores que ficaram sem parceiros, como Leonardo e Daniel.

O método tem se mostrado muito eficiente. Até agora, nenhum metaleiro, nem rapper, voltou a desrespeitar a lei. Um dos condenados, Jão Phil Rotten, declarou à reportagem do Jornal da Lua que ficou desesperado, enquanto era obrigado a ouvir Zecão e Zecãozinho, que cantavam “Vamu largá essa rossa e vamu prum moteu in Maiame”.

Um oficial de Justiça comentou que outro condenado, Jeba Syd Trash, chegou a confessar os assassinatos da mãe e da irmã mais velha, durante a audição de uma das duplas escolhidas. Com o sucesso da nova lei, o juiz agora é o preferido da população para ser o próximo prefeito, mesmo que ninguém saiba seu nome.

“Eu estava de saco cheio de ouvir reclamações de gente que odeia heavy metal e rap”, disse o juiz. “Mandei prender os caras e fiz uma enquete para saber qual estilo musical eles mais odiavam. A música sertaneja ganhou disparado. Então, encomendei mais de cem discos desse estilo e obrigamos os condenados a cumprir essa dura pena. Para alguns, que se mostram muitos valentões enquanto estão presos, providenciamos algumas variações, como a audição de CDs de artistas como Barbra Streisand, por exemplo. Depois de uma hora, eles saem quietinhos e nós podemos ter certeza de que nunca mais vão encher o saco dos outros”, finalizou o juiz.

Luis Canolongo, que recebeu o castigo, disse que o maior desafio é não cair no sono. "Pra um cara que ouve metal e rap em volume muito alto, sentar e ter que ouvir Barbra Streisand ou Chitãozinho e Xororó por uma hora é uma punição severa demais", afirmou. “Nunca mais vou incomodar os vizinhos.”

28 comentários:

http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt disse...

bom já vi que por aqui tenho boa vizinhaça:) eu só gosto de ouvir musica em lto volume :) meu amigo tou passando para te desejar um bom domingo e um bom dia de REIS
bjo
carla granja

Bridget Jones disse...

Eu juro pelas jóias que comprei nos Emirados Arabes que eu tinha linkado vcs.

Em todo caso, agora tá la!
Obrigada por avisar.
Beijos

JuJu disse...

Não é à toa que dizem que a música provoca efeitos no corpo e na alma...kakakakaka!
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

Yvonne disse...

Bill, vou viajar daqui a pouco, mas não pude deixar de aparecer por aqui e soltar gostosas gargalhadas. Adorei.
Beijocas

Layla Lauar disse...

Vixe coitados! Música sertaneja ninguém merece, eu nem sei quem é o Chatãozinho ou o Chororão... mas também detesto heavy metal e rap. Sei lá o que é pior.

Beijos Bill, adorei o post

maristela disse...

Pôxa, Bill. É da Barbrazinha que você está falando? Aquela moça de narizinho pequeno? Nem de People você gosta? Ái, que tristeza. bj

Amanda Bia disse...

maravilhoso! ótima condenação!
beijos!

Nanah* disse...

Nossa! Ditadura de novo? tinha umas histórias parecidas! Mas tem coisa pior que sertanejo!
rsrsrs

Bruna disse...

Oi Bill,


Ui, tô ficando surda de ouvir som nos últimos, tenho que me policiar, o castigo é heavy demais :)

Beijo grande

Nadezhda disse...

Adorei!

Estou pensando em tomar esse tipo de atitude com certos vizinhos daqui.

A gente releva quando a música é de qualidade, mas quando não é..
E não dá pra ficar competindo com o som (que às vezes faço), porque eu sempre perco ;)

Só Magui disse...

Se fosse comigo o castigo era ouvir bossa nova.Se fosse Chico Buarque eu confessava qualquer coisa.

DDS disse...

Billzis! Saudades de vir aqui!
Estava meio sorumbática, meio imbecil de amor e essas breguices, mas, já estou má novamente, hehe.

Esse juiz nem morrer merece! Música sertaneja é o apocalipse cultural!

Querido, aproveito para passar a vc o novo selo do Blog.

É só colar esse código!

Fique bem, lunático querido!

Teresa disse...

hahahaha
muito bom

sertanejo eh pouco... eles deveriam ser obrigados a ouvir ópera.

bjo

Mylene Ribeiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fláh disse...

Nossa adorei a decisão, voto neste juiz pra prefeito. ahusha

Cada uma hein? Bom, eu nao teria problemas com isso, não ouço musica alta msmo, nem meus vizinhos.

E sobre o post "Conversa de Redação" obrigada pelo meu nome lá, oh ficara muito contente se um dia fosse convidada para participar daqui.

Estou linkando aqui sim.
Beijoooo.

Renata disse...

Eu concordaria em fazer exatamente o oposto: enfiar o povo que gosta de calypso, sertaneja, pagode... nas caixas de som do rock! Com certeza o cérebro deles reagiria melhor.

Ana D disse...

A manchete já me faria ler ...A "matéria" tá divertida por demais..rs

elisabete do encanto disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk

Vc me mata!!!

2008 maravilhoso!

Jaya disse...

Creeeedo!
Rs.

Adorei essa condenação. Vou colocar na minha lista. Podia misturar axé e pagode, pra virar uma pena mais severa, você não acha? Rs.

Adorei!

Ah! Quanto ao post do Natal, sinta-se a vontade para pegar. Devidamente creditado, né?

Um beijo.

JuJu disse...

Meu caro Bill, olha só o que eu encontrei no Google! Era uma coisa que eu já havia sacado há muito tempo e até falei disso aqui!

www.interney.net/blogs/aomirante/2007/12/13/garibaldo_e_eleito_presidente_do_senado/

Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

mãe global disse...

Bill,
Pra mim também seria a morte ouvir música sertaneja por uma hora, prefiro um heavy metal mesmo. Bom, agora que já passei da metade da curva, estou gostando mais de jazz e blues do que heavy metal, sabe cumé...a idade chega e véio não aguenta muito barulho!
Beijos,
Rosana

mãe global disse...

Ah, esqueci de comentar... Reparei aqui na lateral direita um anúncio interessante que diz "cantada no celular - saiba tudo sobre xaveco sensível". Talvez o Dr Bruegel possa explicar pra gente que papo é esse de xaveco sensível, será que cola& (rsrsrs)
Bjs,
Rosana

Sheherazade disse...

Bill, querido
Fala sério! Depois de uma hora escutando duplas "breganejas" eu confessaria até o assassinato de pessoas comprovadamente vivas, meu amigo!!!
Só não escolho esse juiz pra Presidente porque tô desconfiada que ele embolsou um jabázinho das malfadadas duplas, ainda não satisfeitas com a proliferação da diarréia musical que assolou o país desde a nefanda "Era Collor".
Aproveitei pra botar em dia a leitura do "Jornal da Lua" e dar boas gargalhadas. Isso aqui tá cada vez melhor.

Muitos beijos!

Patty disse...

Bill querido,
Ainda não te contei né? Mas, meu vizinho adora um pagode, um funk e sertanejo. Esse trio parada dura e irritante. O problema não é ele ouvir essas músicas(?), o problema e a altura que ele ouve. Eu como sou educada, sempre ouço as minhas músicas com um fone de ouvido, assim não incomodo ninguém. Seria uma ótima esse juiz justíssimo vir pra VR, acho que eu denunciaria meu vizinho....hahaha
Beijos

Cadinho RoCo disse...

Esta turma do volume no talo enche o saco mesmo.
Cadinho RoCo

Nana Lopes disse...

hahaha!Amei a estratégia!!
Bjkas Bill!

Bridget Jones disse...

Nooooossa!

Isso aí me lembrou aquele filme "Laranja Mecânica"...

Medo. Muito medo!

Tem caso novo no "Sou para-raio de doido". Passa lá!

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Pronto Bill

Ah! se o Aldo Rebelo vir seu nome!
Bem, mas com Aldo ou sem Aldo, estamos bi-linkados, co-linkados, auto-linkados!
Agora iniciemos nossa luta pelo fim do sofrimento!
Abaixo qualquer sentimento religioso!!!
Viva o Dr. Richard Dawkings
Abraço!