lobo e lua

lobo e lua

2.11.07

Alemão se recusa a sair da cadeia

Gudesteu Hostalácio
ENVIADO ESPECIAL

Gerold H, um alemão condenado à prisão perpétua e que passou os últimos 35 anos na penitenciária, recebeu uma boa notícia ontem: seria libertado. Mas, para surpresa de Thomas Melzer, porta-voz do Ministério da Justiça, Gerold, de 59 anos, recusou a oferta.

O Jornal da Lua acompanhou Melzer até a cela de Gerold. Segundo o representante da Justiça, a lei alemã não pode fazer nada se alguém condenado à prisão perpétua não quer sair.

O alemão disse ao Jornal da Lua que escolheu permanecer em cana porque sabe "o que acontece do lado de fora":

"Tenho rádio e podemos ver TV numa sala aqui da penitenciária", alegou Gerold. "Tenho casa, comida e roupa lavada, meu caro! Não tenho mulher nem sogra pra me encher o saco, não pago impostos, não enfrento filas em banco, nem dependo da Previdência Social. O que eu vou fazer nas ruas? Tudo anda muito perigoso, tem gatuno pra todo lado, não é verdade?"

Gerold H afirmou que vai cumprir sua pena até o fim: "Se fosse lá no Brasil, eu dava um jeito de sair e virava flanelinha perto de alguma discoteca. Tô sabendo que as cadeias de lá não são exatamente como as daqui, tem aquele negócio de superlotação, não é mesmo? Muito homem junto, não é a minha praia. Por falar nisso, me dá licença que tá na hora do meu banho de sol. Apareça quando quiser. A casa é sua!"

9 comentários:

Ricardo Rayol disse...

isso que eu chamo de jornalismo verdade e uma visão geopólítica apurada do mundo que os cercam

Weird disse...

...aposto que o pensamento dos presidiários nos presídios de segurança máxima aqui do Brasil não é muito diferente desse alemão aí não heim, e olha q de brinde ainda pode ligar pros amigos do celular...

Vieira Calado disse...

Oiça cá, oh amigo Bill!
Então o homem não tem razão?
Se calhar até por lá têm algum telescópio para olhar as estrelas...

Um abração

luma disse...

Pois fiquei sabendo de um fato cá no Brasil, precisamente no Estado do Paraná. Um homem infiltrou-se dentro de uma prisão agrícola e lá ficou - dormia, comia, ajudava os outros presos na lida com a terra, até que um deles descobriu que o cabra não era aprisionado, estava ali por vontade própria. Os presos ficaram revoltados:

- Onde já se viu aquilo? Nós queremos fugir daqui e ele não queria que contássemos para ninguém porque queria se manter aqui!

Frase +ou- dita por um dos penados ao ser entrevistado por um canal de tv.

A coisa tá feia! (rs*)

Beijus

Ana D disse...

Bom humor e informação...rs Haja imaginação hen ?
Bom Bill quanto as perguntas:
1) nunca publiquei nada detalhadamente, realisticamente sobre eu e o Thiago..rs...A história foi fluindo e a gente foi vivendo, preferindo guardar pra gente a experiência, sei lá, melhor rs...Apenas algumas metáforas poéticas sobre o que nos aconteceu, uma frase aqui, uma ali...
2)Tenho recebido seus e-mails bem humorados sim, obrigada .
3) Linkarei em breve, é q tenho alguns blogs pra linkar. O farei em breve.
Obrigada pela visita sempre recheada de comentários legais.
Abraço e sucesso !

elisabete do encanto disse...

kkkkkkkkk
vc é demais!

Sheherazade disse...

Isso porque ele não sabe que, aqui em Recife, um preso cheio da grana mandou, até, construir o seu próprio apartamento dentro do presídio, com tudo a que tem direito: TV a cabo, ar-condicionado, frigobar, cama redonda, som ambiente e visitas íntimas com uma porrada de putas que ele tinha na agenda pessoal ...É mole?

Beijos, querido!!!

Ana Paula disse...

Eita, o paraíso na terra fica numa prisão alemã?

AnaLua disse...

Oi, obrigada pela visita e pelo comentário. E olha, sou mesmo de lua e da lua, rsrs, e gostei muito do que li aqui, sério, inteligência e bom humor, dupla imbatível. Vou te linkar, ok? Beijos (com sabor, hehe)