lobo e lua

lobo e lua

29.11.07

Frases fabulosas de juristas nem tanto assim!

Apulcro Mambojambo
ENVIADO ESPECIAL

Nem tudo é claro e objetivo na vida de alguns juristas. Alguns complicam tanto que seus textos parecem piadas ou trechos de certas provas do ENEM. Não acreditam? Imaginem, então, um oficial de Justiça procurando um devedor que mora perto do cemitério. “Trata-se de rua despovoada de almas do outro mundo", tranquiliza a petição.

"O sacado não foi encontrado porque morreu, porém a viúva continua com o negócio aberto."
(Informação de um oficial de Justiça, ao devolver título à Caixa Federal)

" ... falecido em 08 de maio de 2003, conforme certidão de óbito em anexo, doravante denominado reclamante, por seu advogado signatário, vem perante Vossa Excelência ajuizar ação trabalhista..."
(De uma petição inicial na Vara do Trabalho em Varginha - MG)

"O devedor pode ser localizado na casa nº 242 da rua que fica aos fundos do cemitério, não precisando o oficial de Justiça alegar medo, como pretexto para não realizar a diligência, porque trata-se de rua despovoada de almas do outro mundo."
(De uma petição, na comarca de São Jerônimo)

"O contestante nega ser o pai da criança, pois não chegou a 'cometer' a mãe do investigante. Mesmo tendo sido uma noite de orgias, com vários participantes, o investigado limitou-se a uma única cópula, com outra pessoa da roda, após o que ficou com o tiche murcho."
(De uma contestação em ação de investigação de paternidade, numa Vara de Família em Porto Alegre)

"A empresa é responsável em casos de assaltos dentro de seus coletivos, pois deveriam ter câmeras acopladas a satélites para a segurança de passageiros."
(De um voto vencido, em acórdão do TJRJ)

"Edital é uma forma de fazer uma pessoa saber o que ela não sabe, só que muitas vezes, porque não lê o jornal, ela não vai mesmo ficar sabendo."
(Resposta em uma prova de Processo Civil, em Faculdade de Direito da Grande Porto Alegre)

"O réu jamais furtou-se ao recebimento da citação. Ocorre que reside em um local onde tem várias casas com o mesmo número, uma espécie de apartamento deitado."
(De uma contestação, em processo na comarca de Pelotas, com o réu tentando explicar que não se escondera do oficial de Justiça)

"Bens móveis são aqueles que são fabricados nas marcenarias. Já os bens imóveis são aqueles que não se movimentam, como um edifício, e também, por exemplo, um veículo que por estar sucateado não tem como ser removido."
(De um universitário, ao fazer a diferenciação entre bens móveis e bens imóveis, numa prova de Direito Civil)

"A parte autora diz que no contrato de compra e venda estão presentes o sujeito e o objeto, mas não aponta onde estará o predicado."
(De uma contestação em ação revisional)

"Ordem de vocação hereditária é quando o filho segue a mesma profissão do pai, ou seja, filho de peixe, peixinho é."
(Candidato, em Exame da Ordem)

De uma petição de inventário em Sorocaba, SP: "O de cujus deixou uma decuja e 4 decujinhos..."

De depoimento na Delegacia de Acidentes: "O pedestre não tinha idéia para onde ir, então eu atropelei."

De uma certidão de oficial de Justiça: "Deixei de fazer a citação tendo em vista que o réu está em lua-de-mel e me respondeu por telefone que nos próximos dias não está nem aí..."

Certidão lançada por um oficial de Justiça, em Passo Fundo, após efetuar uma penhora: "...penhorei uma mesa de comer velha de quatro pés..."

Informação de oficial de Justiça, não tendo encontrado o réu: "O mutuário foi para São Paulo melhorar de vida. Quando voltar, vai liquidar com o Banco."

Início de relatório de perito-avaliador: "Chegando na fazenda do Sr. Pedro Jacaré e em não encontrando o réptil..."

De um termo de encerramento de laudo judicial, em processo que tramitou perante Vara Cível do foro João Mendes - SP : "Os anexos seguem em separado."

Descrição da penhora feita por um oficial de Justiça de Porto Alegre: "... um crucifixo, em madeira, estilo colonial, marca INRI - sem número de série..."

18 comentários:

Cármen Neves disse...

Querido, pelo que li até agora, acho( tenho certeza), que passsarei aqui TODOS OS DIAS.( RIR FAZ BEM!). Aviso-te que já linkei o teu blog ao meu e que, respondi o teu comentário. Um abraço,

Cadinho RoCo disse...

Parece brincadeira, mas não tenho dúvida da veracidade de tanta aberação.
http://cadinhoroco.sabrisweb.com

Ane Brasil disse...

kuaaaaaaaaaaaaaaaa!
Isso é surreal!
(essa de carro velho ser bem imóvel eu gostei...)
não tivesse eu convivido algum tempo com essa "raça" ia achar que é tudo lorota.... mas o acima referido é verdade e dou fé1 hehehe
sorte e saúde pra todos!

Ana Paula disse...

Ahahaha! Fantástico. tantas pérolas... Poderíamos fazer um colar, né? rs

Alê Barros disse...

Querido Bill

Voltei...não sei por quanto tempo já que tô igual Isaura de tanto que trabalho, mas voltei e atualizei...
Ri muito com teu post e fico aqui imaginando como umas antas dessas passaram no concurso público pra Oficial de Justiça...
eita povo burro...

Os anexos seguem em separado...rsrsrs

Beijão

Betty disse...

Esses casos são inacreditáveis, mas garanto que são verídicos. Costumavam ser publicados no "Neófito", um site jurídico, que anda caidinho ultimamente, sem atualizações.
Tem um que é "hors concours", vou mandar por email.
Por essas e outras, cansei da profissão...rs
Beijinho.

ANDRÉIA disse...

êee Brasil véio di guerra.........

carla granja disse...

é sempre um prazer ler o teu jornal e ficar bem disposta com certs coisas k aki lei-o :) olha hje nao me apeteceu escrever maas deixo algo para veres :)
+______088880____0____0____088880
+____088888880___00__00___088888880
+___088888888880__0__0__088888888880
+___088888888880___00___088888888880
+____088888888880______088888888880
+____0888888888880_00_0888888888880
+_______0888888880_00_0888888880
+______08888888880_00_08888888880
+____0888888888880_00_0888888888880
+___08888888888880_00_08888888888880
+____0888888888880_00_0888888888880
+______08888888880____08888888880
+________08888880______08888880
+__________0880__________0880
+___________00____________00

*´¨)
¸.*´¸.*´¨)¸.*¨)
(¸.*´ (¸.*` * Beijos...
carla granja

mãe global disse...

Bill,
Eu adoro estas frases, me divirto! Ás vezes fico pensando se são de verdade, mas se a Betty garante, então assino embaixo, e aí elas ficam mais engraçadas! Vou mandar para os amigos advogados.
Beijos e bom final de semana!
Rosana

Cosmic Girl disse...

Faltou a frase da Marta suplicy para fechar com chave de ouro ;) rs

Beijos!!

Cosmic Girl disse...

Só tenho uma observação a fazer acerca destes ceresumanus: AFF =P

Lelinha disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Dá pra ver e entender pq estamos onde estamos, né!?

Se eles estão assim imagina noises!?

"As árveres somos nozessss"

Beijoooooo

AnaLua disse...

Crucifixo da marca INRI... pecado sô! rsrsrs, dei boas risadas aqui!

Beijos Bill!

Vieira Calado disse...

Isso não é novo.
Faz-me lembrar uma sentença de Juiz (creio que ainda no tempo em que o Brasil era colónia) e que é um primor.
Se quiser eu mando-lhe por email.
Um abraço.

Layla Lauar disse...

Muito bom Bill..estava precisando dar umas boas gargalhadas.

Beijos mil procê!

Magui disse...

kkkk.Rolei de rir.Essa da investigação de paternidade foi demais.
Desulpe eu ter que usar o blogspot. mas não vejo outra opção nos seus coments.

Patty disse...

“Trata-se de rua despovoada de almas do outro mundo", achei essa muito poética...rss

Yvonne disse...

Bill, no banco que eu trabalhava tinha uma lista desses causos. Eu chorava de rir.
Beijocas