lobo e lua

lobo e lua

23.8.07

Caralho de anão fica entalado em aspirador


Apulcro Mambojambo
ENVIADO ESPECIAL


Daniel Blackner, o maior artista anão do mundo, fazia sua tradicional performance no Festival de Artes de Edimburgo, na Escócia, mas um erro de cálculo mudou tudo e ele teve de ser levado às pressas para o hospital.

Conhecido como "Anão Demônio", o inglês Blackner participa regularmente de um dos espetáculos organizados pelo festival, o "Circo de Horrores", com apresentações fora do comum. A parte principal da performance consistia na aparição do anão dançando com um aspirador de pó preso ao caralho.

Os problemas começaram quando a peça que liga o aspirador ao caralho de Dan quebrou antes da apresentação. Ele tentou consertar, usando uma super-cola. Mas, não leu direito as instruções do frasco e só deixou secar por 20 segundos, em vez dos 20 minutos necessários.

Dan começou sua performance, mas logo notou que tinha alguma coisa errada. Em vez de continuar, o anão correu para uma ambulância de plantão nas proximidades e foi colocado na maca junto com o aspirador de pó e a cola.

Nelson Ned, o maior cantor anão do mundo, que assistia a apresentação de seu velho amigo, acompanhou Dan até o hospital. Procurado pela reportagem, o cantor disse que tudo iria acabar bem, mas poderia demorar:
- O anão é pequeno; mas, o caralho, não! - afirmou Nelson Ned, sendo imediatamente apoiado pelos médicos e enfermeiras que participaram da "operação desengate".

10 comentários:

Sueli disse...

Seria cômico se não fosse trágico ... (já imaginou, meu????? Afffffffffffff...)

Patty disse...

Ler o Jornal da Lua é diversão garantida.
Nem posso imaginar a dor do anão...
Coitado...rs
Um beijo, Bill
Bom final de semana!!!

Anônimo disse...

beijo!!!
elisabete cunha

Yvonne disse...

Caramba! Quando a gente pensa que tudo já aconteceu neste mundo, eis que surge uma história dessa inimaginável, rsrsrs. Beijocas

Cadinho RoCo disse...

Uma coisa é certa; ningué poderá dizer que esta cola do caralho, cola pra caralho.
Cadinho RoCo

JuJu disse...

Pobre anão... E se ao invés de um, que tal se fossem os sete da historinha da Branca de Neve?
Ops... Aí já estou sendo sádica demais...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

maristela disse...

bill, meu filho. já pensou e fosse aqyele chinês, o cara mais alto do mundo?

Sheherazade disse...

Bill,
Eu tenho pavor a anão e devo dizer que Nelson Ned é, pra mim, o protótipo do que há de mais abominável dentre os nanicos desde o dia em que ví uma entrevista dele no Programa do Jô ... Argh!!! Bem que poderia ter sido o pau dele o responsável pelo fim da proverbial superdotação dessa espécime.
Em tempo: Não é por preconceito que não gosto deles, não. Tem a ver com um anão fdp que morava na minha rua, quando eu era criança, que não gostava de crianças e ameaçava bater em qualquer uma que passasse pela sua porta.Daí desenvolví essa ojeriza a esses baixinhos... Mas que foi engraçada essa história, isso foi!

Beijão, querido!

carla granja disse...

mas que história mais louca :) isso é mesmo verdade?:) nossa. ! coitado do anão ,ou da cola,ou do resto ...:) já nem sei...amigo hoje deixo no meu blog um agradecimento a todos vocês por serem tao queridos e me apoiarem e gostarem do k escrevo e podem deixar uma pergunta kualquer,uma curiusidade k eu respondo pa vocês.
bjo
carla granja.

Silvia Saraiva disse...

Bill Falcão

Encontrei a "dita" matéria e fiquei surpresa em conhecer não só o nome, mas a cara do sujeito excêntrico: adorei!

Não conheço "Chutando o Balde" citado no primeiro post mas fiquei curiosa...

Abraços,
Sil Saraiva