lobo e lua

lobo e lua

7.5.10

Aquela carta que você me escreveu

Real Morte
BLOGUEIRO CONVIDADO


Minha opinião sobre a humanidade não é das melhores. Sempre digo que se a Terra fosse um imenso corpo humano eu seria o Activia que aceleraria a saída de vocês. Deduzam o resto.

A raça humana é patética, frágil, iludida, insignificante, pusilânime, babaca, sem noção, e só digo isso porque estou de bom humor hoje. Se eu desse a real, ninguém aguentaria o tranco e cortaria os pulsos agora mesmo, o que nunca considero uma má idéia, desde que vocês não façam isso na hora da novela. Porém, para suportar tamanha falta de importância e sentido na vida, a humanidade desenvolveu um mecanismo de defesa que funciona até certo ponto: a vaidade.

A mais humana das qualidades, e justamente por isso uma das piores, a vaidade é capaz de torná-los mais sensíveis, mais divertidos, mais ridículos, e eu estaria cagando para ela caso não afetasse meu trabalho ocasionalmente. Sim, porque somente a vaidade explica a preocupação exagerada de alguns de vocês em escrever frases de efeito em cartas ou bilhetes de suicídio, algo que me irrita MUITO. Porque neguinho passa a vida inteira escrevendo no Orkut coisas do tipo “Genti, çaí cuns miguxos onti e foi di-maizzz!!!!” e na hora que vai empacotar vem querer dar uma de que sabe escrever bonito? Não fode! Pegue um post-it e rascunhe um “fui!” pra ninguém perceber seu português meia-boca e estamos combinados.

Quando o cara começa a demorar demais na carta de despedida, eu chego até a me intrometer antes do momento devido. Foi o caso de um famoso presidente brasileiro.

— Chega, Getúlio, já estamos há cinco horas nisso. Largue essa carta.
— Não antes de eu escrever minha última grande frase.
— Não precisa, tá bom assim.
— Não dá. Eu não vou me matar antes de escrever uma frase final perfeita.
— Haja saco. Onde foi que você parou?
— Nessa frase aqui ó: “Eu vos dei a minha vida. Agora vos ofereço minha morte.”
— Beleza. Tá lindão.
— Tá mesmo?
— Tá. Não escreve mais nada que estraga.
— Jura?
— Juro. Me arrepiei. Agora pegue esse revólver e se mate.
— Não sei, não estou satisfeito ainda. Que tal se eu fechasse a carta com “serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade”?
— Melhor ainda!
— Acha mesmo?
— Acho. Agora SE MATE!
— Não, ainda não. Ainda tenho a impressão de que não é a frase ideal…
— Mas que merda de frase você quer escrever?
— Uma que valha a pena. Meu medo é abandonar a vida e ninguém se lembrar, não ficar na História.
— Então escreva isso.
— O quê?
— Que você sai da vida para entrar na História.
— Será? Mas não soa um pouco piegas?
— Soa como brega mesmo. Mas morto todo mundo perdoa. Pode escrever.
— “Saio da vida para entrar na História.” Taí, gostei.
— Ótimo.
— Eu gostei muito.
— Que bom.
— Sério, eu adorei, gostei demais.
— Perfeito.
— Ficou tão bom que me fez repensar o meu ato, me deu até ânimo de continuar vivendo. Acho que não vou me matar mais.
— AH, NÃO, MAS NEM FUDENDO!

Eu peguei o revólver e… bem, o resto vocês já sabem. Até hoje muita gente não entende porque Getúlio Vargas deu um tiro no peito e não na cabeça, mas eu nem me preocupei com esse detalhe na hora. Eu precisava botar isso pra fora. Ufa!

Real Morte pode ser encontrado aqui. Se você tiver coragem de ir lá, é claro.

68 comentários:

Sil.. disse...

hehehehehhee, adoreiiiiii!

Abração Bill!

Desabafando disse...

kkk...ótimo texto!

Marcos disse...

Muito legal o texto até porque tenho certeza que houve esse diálogo com Getúlio..rs...rs.

Agora, essa "morte" podia continuar dando outras ideias para outros políticos... mas deixa pra lá isso.

Abçs

Memórias de Donha Baratinha disse...

kkkkkkkkk, demais! Realmente, não dá pra enganar a morte... nem fugir, nem negociar, nem .... Putz, sei lá!

Bjuxxx

betty disse...

A morte é bem mais vaidosa que a humanidade, ela "se acha" porque sabe que vai sempre levar a melhor.

Só não quero que ela me apareça antes do final de "Lost"... hehehe

Beijinho pra você.

Stella disse...

Oi, Bill, adorei a sinceridade!!!... :)

Tenha um bom fim de semana!

Monique Premazzi disse...

A morte é uma vaca mal amada :T KKKK
Texto legal, gostei.

xx

Fran.ciellen :) disse...

HAHAHA, curti muito! :D

No fim, acabou ficando pra história :B

Ale Sbano disse...

genteeee,q texto maravilhosoo,a morte do getúlio sempre me intrigou..mto bom isso!

achei super legal,bem escrito.

Kamilla Barcelos disse...

Não vou falar que ri do texto porque se não a Real Morte vai achar que eu estou tirando uma com a cara dela e se encrecar comigo, sabe? hahahaha

Muito bom o texto!

Kamilla Barcelos disse...

*encrencar

Dama de Cinzas disse...

Muito intessante o texto e no ponto que fala sobre a vaidade... rs... É bem a cara do ser humano mesmo!

Beijocas

Erica Ferro disse...

Essa morte é engraçada.
E olha, a humanidade é patética mesmo (me incluo, tristemente, nesse grupo de patetas... :S).

;*

Allyne Alves disse...

Uaaaau! Adorei o texto...a parte do Activia é otima!

hahaha...

e uma carta de despedidas assim, seria broxante mesmo!

bjss

Camila Mancio. disse...

ótimo. qqq. rs

Laís disse...

hahaha,ótimo
a vaidade serviu pra dar uma "embelezada" e criar mais um objetivo pra humanidade correr atrás.E na hora de morrer não pode ser diferente,tem que ser bonitinho também.
adorei,beijão.

Mariposa disse...

ahuauhahuahuaahuhua
meuuu fico otimooo!
:D

beijos

Carolinne disse...

Ai... Haja paciência! :0

disse...

Adoreeei! Haha, muito bom, como sempre. Beijo!

JuJu disse...

Então a Morte matou o Getúlio?! Mas também, já deu para perceber que a Inevitável não tem paciência para cartas de suicidas.
"Sempre digo que se a Terra fosse um imenso corpo humano eu seria o Activia que aceleraria a saída de vocês.". Só faltou a Morte fechar a frase com um "Abaixo o acúmulo. Ainda bem que ela tem senso de humor, deve ser reconfortante na hora de nossa partida.
...
Também fiz uma postagem que está relacionada à figura da Morte. Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

Nathy disse...

Adorei! kkkk

T. disse...

o.0
choquei!
-Eu nunca fiz um bilhete de suicídio, mas quando fui arrancar os sisos deixei uma cartinha caso n conseguisse voltar viva, era bem prática tipo :
"mamãe :eu te amo
thaizinha (minha irmã) : matei seu peixe..."
e por aí vaii

T. disse...

o.0
choquei!
-Eu nunca fiz um bilhete de suicídio, mas quando fui arrancar os sisos deixei uma cartinha caso n conseguisse voltar viva, era bem prática tipo :
"mamãe :eu te amo
thaizinha (minha irmã) : matei seu peixe..."
e por aí vaii

Mandy disse...

Adorei!!!
Texto muito bom! Me conquistou do início ao final.

^^

Bill querido obrigada pelo elogio do template do meu blog, deu um trabalho, mas queria personalizar o blog com o meu gosto! ^^

Bjooooo

Nina Vieira disse...

Ultimamente, todop mundo tem me incentivado ao suicidio.
Tambem acredito que nós, meros mortais, somos um bando de f.d.p.

Kaká Bullon disse...

Bem a cara da morte interromper-nos bem em meio a um processo brilhante ou criativo.

Senso de humor, seja qual for, é sempre bem-vindo né?

Ótimo texto! rs

Bjim

Caroline Crissie disse...

uiaheoiaheiohaeiah
fiquei até com meedo

beijoos

Anna disse...

hahaha, ótimo!
Olha a coincidência, estudei a carta de suiício do Getúlio hoje mesmo na aula!
Beijos

Maary S. disse...

ADOREI! hahahahhaa
;*

Paloma disse...

Ri muito! Levei olhares fulminantes aqui pq achei graça do meio do estresse deprimente do jogo do flamengo.
O dialogo é muito bom!
Beijos

b disse...

Gostei para caramba, para caramba gostei.

Joana Carvalho disse...

obrigado pelo seu comentario! gostei do blog :)

Isabel disse...

Obrigada Bill :)

Valéria Sorohan disse...

Humor negro, eu gosto!

BeijooO'

Akire Anitsirk disse...

Adoro humor negro e vou visitar o Sr Real Morte pra ver os outros textos dele xD.
.
.
.
Bjocas

Bia Carvalho disse...

Uau! Que SUPER-TEXTO!
Dei umas boas gargalhadas aqui, especialmente com a parte do Activia!!!

Ah... obrigada por seu comentário lá no meu blog!
Se puder me seguir, vai ser um prazer!

Abraços

Felina Mulher disse...

kkkkkkkkkk...Moço, como foi bom ter vindo aki te conhecer, gostei da energia boa que por cá encontrei.
Obrigada pela visita, estou te seguindo e te espero por lá mais vezes.
Fica com um grande beijo da FElina.

Alguém... disse...

Parabéns pelo texto :D

Beijinho*

Beta disse...

Olá Bill.você tem toda razão!

Seja bem vindo ao MIX!!!

Volte sempre!!
Adorei seu blog. Vou te seguir ok?

Abraços!
beta

''Tay' disse...

kkkkkkk'
adorei, muito legal, ano passado eu estudei a carta de getulio vargas, e também nunca entendi pk ele nao se matou com um tiro na cabeça ou na boca, nao seria mais facil? Ç.Ç
adorei essa teoria da morte der dado um tiro nele...kkkk'

bjus =*

K isser. disse...

kkkk que comedia , poste mais coisas assim asaushuashuashuahu
MAAASSS NEM FUDEENO AOSKAOSKAOS ;D

Anna Beatriz disse...

concordo e morri de rir com a parte do Getúlio :D
beijos

Madame disse...

Olha gata vai sobrar se deus quiser e eu te dou de rpesentao, com um laço rosa kkkkkkkkkkkk.

Adorei a visita!

super beijo!

Ninaaa . disse...

Que post fodástico. Pura verdade isso que você disse aí. E obrigada pela visita lá no blog.

Fique com Deus e que a morte passe longe, hehe. Beeijos.

Aracy Crespo disse...

Olá Bill,

Não consigo parar de rir até agora, mutito engenhoso este texto, embora Getulio tenha sido da minha época fiquei muito triste com seu suicidio, mas, já passou. Repetindo, excelente o texto....

Um grande abraço

mayfeel disse...

hauahauauhahuahu!
ótimo!!
sempre achei que a senhora morte se divertisse bastante com seu trabalho!
Beijo! :)

Sofia A. disse...

Não sei se eu concordo pelnamente que a humanindade é uma merda total, sei lá, acho que se você pensa assim não tem porque viver.
Sobre a carat do Getúlio, você tem toda razão, porque pelo amor de Deus, o que é aquele final? o cara se comparar quase com Jesus Cristo.
Um beeijo!

Mirtes disse...

kkkkkkkkkkkk, espera ai deixa eu parar de kkkkkkkkkkkkk. Ai Bill, demorou mais veio com a carga toda, que inteligente esta postagem, até favoritei para ter que rir novamente quando sentir baixo astral.

Ainda bem que é uma narrativa imaginária, Deus nos livre voltar a uma forma de governo com poderes ditatoriais... embora ele tenha contribuido muito em nossas leis trabalhistas.

Duchas de beijos

Juliana Oliveira disse...

Meio " Billy e Mandy". Super interessante o seu texto!Bjão

Patrícia Colmenero disse...

bill, obrigada por ter comentado lá no blog
adorei esse texto da morte. muito engraçado.adorei a história da activia e a sacada com os fatos históricos do suicídio do getúlio ficou óima
me lembrou uma peça de teatro que acabei de ver em brasília que tb tem um personagem que é a morte

Tais Luso disse...

Que criatividade para falar das vaidades...
Excelente!
Ah... e obrigada, já estou lhe seguindo.

Bjs
Tais Luso

Camille disse...

Adorei o texto e o perfil. E nunca tinha visto tanta mulher reunida num comentario de blog. Isso que dá, homem inteligente. E bonito? Mostra a foto pra gente ai hei.
Mas homem quando é inteligente, até feio é bonito. De toda maneira, sorte sua.
Beijos da Cam

Miyuu disse...

Nossa fiquei até com medo de você agora! rsrs' ... Beijinhus

Anne Lieri disse...

Bill,parabéns pela sua postagem!Muito divertida e imaginativa!Adorei!Abraços,

Josiane Bellaver disse...

Ooi muito obrigada pelo apoio lá ^^
Adorei teu blog, d+ mesmo.. ja to te seguindo xD
beeijão.

Ellen Damaris disse...

nossa riii mto com texto !
pior noss seres humanos somo assim msm !
beeeijos

Vagabundo Social disse...

Oi Bill, obrigado por mais uma visita sua! Peço desculpa por andar demorando nos meus posts. Quanto a este novo texto, dá-me a ideia que quando alguém se suicida, por vezes quer deixar o mundo criando algum impacto no meio social, seja bom ou mau. Quando uma pessoa se mata quer criar em seu torno uma certa discussão, não deixando o mundo sem ser notado; havendo um sentimento de que nem tudo foi em vão, de que as pessoas repararam em nela... Já adicionei seu email, Bill. O meu é somnium.volatilis@gmail.com. Desconhecia aquele programa de tv de que você falou, embora conheça as apresentadoras. Provavelmente esse programa transmitia apenas na SIC Internacional. Penso que a Raquel ainda apresenta programas, a Joana Dias continua sendo locutora de rádio, como já era antes, na rádio Antena 3. Você poderá ouvi-la online no site dessa rádio. Voltando àquele tema do futebol, parece que na Copa, Portugal e Brasil são do mesmo grupo; duas nações doidas pela bola. Pode ser que se encontrem também na final, rsrsrs. Abraço, Bill!

Dryka Sales disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dryka Sales disse...

Seu blog é super fofo *-*
amei o texto, hahahaha
beijos :*

http://drykasales.blogspot.com/

Dani Pedroza disse...

Muito bom !!!! Só o JL pra alegrar um dia tão tedioso.

Voltei Bill. A vida anda meio corrida. Mas, não aguento ficar longe por muito tempo. Bjs.

Dani Pedroza disse...

"Porque neguinho passa a vida inteira escrevendo no Orkut coisas do tipo “Genti, çaí cuns miguxos onti e foi di-maizzz!!!!” e na hora que vai empacotar vem querer dar uma de que sabe escrever bonito? Não fode!"

Não podia deixar de comentar isso. Me lembrou aquele povo que fica postando frases de efeito no msn. Poxa, aí tenho que preferir a versão diário: "Fui no banheiro.", "Estou de tpm." etc, etc, etc.... rs.

Lu disse...

hahahahaha.
sensacional!

Vicky D. disse...

Oi! Obrigada po passar lá no A Lua!
*Adorei o post, muito bom! rs

bjão =^.^=

Josy Poulain disse...

A minha opinião sobre a humanidade também não é das melhores.

;(

Sueli disse...

Vivendo e aprendendo ... kkkkkkkkk

Camila Mancio. disse...

cara, muito bom, parabéns. *---*

Bruna Araujo ! disse...

UASHAUSHAU,
muito bom, realmente não se pode enganar a morte !

bjoos

Josi Bellaver disse...

Ooi^^
sobre o comentário lá.. nunca ouvi falar nesse filme não ;x
Mas agora que vc falou vou procurar ele xD
Brigada!
Beeijos.

AH! Continue escrevendo por favor não pare xD