lobo e lua

lobo e lua

23.4.10

O perigo do carboidrato

Dra. Inocência Pirassununga
NUTRICIONISTA E ENDOCRINOLOGISTA
CRM 99979562443106970321046/MG

Queridas leitoras:

Atendendo ao convite do charmoso editor deste telejornal (é um jornal que está na tela, portanto É um telejornal!!!), escrevo este artigo no sentido de alertar todas vocês sobre os perigos de um carboidrato que geralmente está na mesa do povo brasileiro.

Antes de mais nada, é preciso lembrar que nem todo mundo tem grana pra comprar esse tal carboidrato. Outras, não têm nem mesa pra colocar o carboidrato. Algumas têm mesa e até arrumaram uns trocados pra comprar o carboidrato, mas só depois lembraram que não têm fogão, nem gás, nem pratos e muito menos panelas. Estas leitoras podem parar a leitura por aqui mesmo, pois esse assunto não as interessa nem um pouco, posso garantir!

Mas, as que têm essas coisas todas aí devem prestar atenção no meu método de emagrecimento para quem quer perder peso rapidamente. Muito se fala, quando o assunto é carboidrato, no espaguete, na lasanha, no canelone (ai, que delícia!!!), como se essas invenções dos italianos pudessem fazer algum mal à saúde.

Ora, mas que coisa mais idiota! Se macarrão fizesse mal à saúde, Sophia Loren seria bonita daquele jeito? E Claudia Cardinale? Gina Lollobrigida? Isto, sem falar nos homens italianos (aaaiiiiii, cala-te boca!!). Um dia, contarei sobre minha viagem a Roma, Florença, Veneza, mas agora não posso.

A massa (e que maaaaassaaaaaa, aaaiiiii!) italiana não tem nada com isso. Mostrarei e provarei que, para se manter uma silhueta que deixa os homens babando, basta apenas evitar o arroz!

Sim, isso mesmo! O arroz é o grande vilão de nossa alimentação! Ontem mesmo, fui almoçar aqui perto com o pessoal deste jornal e provei que podemos passar tranquilamente sem o arroz em nossa alimentação diária. Enquanto eles enchiam o prato de arroz, se empanturrando de carboidrato, eu fui pra outra prateleira e segui a minha dieta.

Misturei quatro coxas de galinha (ou seja, duas coxas de uma galinha e mais duas coxas de outra galinha) com um farto pedaço de pernil (de porco) e 25 colheradas de pirão, feito com a mais genuína farinha brasileira.

Pronto! Provei a todos que é perfeitamente possível fazer uma boa refeição sem o tradicional acompanhamento do arroz. Tudo é uma questão de tradição, nada mais! Alguns céticos poderão perguntar: mas, como é possível o arroz engordar, se os povos do Oriente, como japoneses, chineses, coreanos e vietnamitas, comem tanto arroz e são tão magros?

Ora, minhas amigas, a resposta está no livro do fenomenal nutricionista e endocrinologista japonês Mijaro Nomuro, que escreveu o best-seller "Ping Johga Habola Kon Pong", que, traduzido literalmente, quer dizer "Porque o arroz é benéfico em épocas de guerra, mas muito perigoso em épocas de paz".

No famoso best-seller, o professor Mijaro Nomuro, que passou os últimos 50 anos se dedicando a defender sua tese de que o macarrão, principalmente o frito, é muito bom e gostoso, e o arroz é perfeitamente dispensável, explica claramente que os povos orientais são magros, mesmo comendo arroz, porque eles mesmos colhem o arroz.

Naquela ginástica de abaixa-levanta pra colher o arroz, ainda mais no meio daquele aguaceiro todo, os povos orientais acabam perdendo muitas calorias. Não é mole ficar o dia inteiro naquele abaixa-levanta, experimenta pra você ver! À noite, depois que terminam o serviço, os orientais estão tão cansados que nem conseguem descascar o arroz. Assim, comem o arroz integral mesmo! Entenderam?

De acordo com as pesquisas do professor Mijaro Nomuro, a casca tem um componente que combate o carboidrato do arroz. É por isso que os orientais não engordam. Se você, minha amiga, ver um japonês gordo, pode saber: ou é lutador de sumô, que comeu muito arroz branco pra engordar, ou é um japonês que vive viajando pelo mundo e comendo o que não presta.

Numa próxima oportunidade, quando nosso charmoso editor me convidar novamente, escreverei sobre uma de minhas sobremesas favoritas: arroz doce!

É, com doce pode. E vou explicar direitinho. Mais uma vez, com a ajuda do famoso professor japonês Mijaro Nomuro!

Até lá, garotas!

75 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Do jeito que sou neurótica com obesidade, acho que já bani o arroz da minha alimentação... rs

Beijocas

Luciana P. disse...

Bom, tenho lá minhas dúvidas acerca da afirmação sobre o editor desse blog ser mesmo "charmoso". Partindo dessa foto aí do lado, acho que seria um insulto afirmar isso...hahahaha.
Adorei a aula sobre carboidratos e confesso que sou louca por arroz. Não vivo sem! Macarrão também e tudo o que você imaginar. só não sou obesa, até nem sei por quê. Deve ser porque eu não gosto de doces. Não como doces! De qualquer maneira, adorei as dicas e vou pensar no seu prato de 4 coxas de galinha com 25 colheres de pirão, hahahaha.

Beijos, Bill!

Anna Beatriz disse...

hsuashaushaushuashu adorei!
beijos!

Géssica disse...

Olha pega as quatro coxas de galinha mais pirao nao deve ser uma boa dieta, maaas acredito que...ah :T sei la, to pensando em desenvolver um disturbio alimentar agora depois desse post...
xDDD


até...
ps:se cuida

Desabafando disse...

kkkkkk....adorei a teoria maluca!

Nathália :) disse...

Justo eu que amo sushi... :/

sumiu do meu blog, Bill. Saudade de vc!
seu blog ta otimo como sempre.

um beeijo

Ale Sbano disse...

Teorias interessantes..
tbm amo sushi..rs

Marcos disse...

Adorei seu post.... muito inteligente, como pode alguém pegar um assunto e virar ele de cabeça para baixo, com coisas certa e erradas e pirar a cabeça de quem lê...rs...rs...rs Ri muito com sua dieta... Sempre imaginei que o vilão é o arroz e outro também é o feijão... gostaria de um dia ouvir sua opinião tecnica a respeito desse alimento....
Bjs

Ada Lílian disse...

hahahaaa, adorei. Também tô dieta e evitoao mááximo o arroz :)
valeeu, beeijos.

Laís disse...

Muito estranho não comer arroz todos os dias,mas se for pra trocar por uma massa italiana tá valendo.
hun,mas ainda bem que arroz doce pode!HAHA.

aa,o show foi do scracho,uma banda carioca.
beeijo

Eduardo Bispo disse...

Não sou garota mas gostei desse post... eu q evito o feijão e descubro q quem me engorda é o arroz.
Alias arroz doce pode graças a Deus q pode porque ai quando for almoçar como 4 coxas de galinha ( de 1 galinha so ) e pego um pernil ( de jacaré ) e faço um belo de pirão de formiga.
E de sobremesa eu como amendoin pra me exercitar anoite.

Bjs pessoas do jornal e um bom dia

Mayara Cunha disse...

as 4 coxas de galinha não seriam necessariamente, duas de uma e duas de outra! Hahaha. é
Ahh, mas como comer feijão sem arroz? Não dá! Sou magra o suficiente pra continuar comendo meu arroz, tranquila! ahahaha

beijos

Mayara Cunha disse...

Poxa, agora fiquei com fome :/

Patrícia Andréa disse...

Ah... esses carboidratos... Sempre esses carboidratos... rs

Bjus!

Srta.Lua disse...

comer carboidratos ou não comer.., eis a questão! rsrsrsrs

bjs

JuJu disse...

Mijaro Nomuro... Acho que você andou lendo aquela listinha de nomes japoneses que significados hilariantes - no português, claro. Leu sim, até porque o nome do livro do tal Sr. Nomuro é "Ping Johga Habola Kon Pong". O que ping-pong tem a ver com carboidrato? Engraçadinho!
Não sabia que o arroz era assim tão perigoso...
...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

disse...

Haha, adorei! Beijos.

Juliana Oliveira disse...

HUAHAUAHUA...Morri de rir com o seu post e o coment por lá
passa por lá, tem mais"

paulo disse...

Sinto muito. Não abro mão do arroz.
Nem com ordem do doutor...
Abraço

Barbara disse...

MALDADE:
Pique linguiças em rodelas, escalde 2 vezes. Depois coloque as linguiças em um refogado caprichado com os temperos de seu gosto.
Coloque na mesma panela - repolho picadinho e arroz.
Água suficiente para cozer o arroz e por fim, uma muzzarela moída no final.
Quero ver dispensar se ousar experimentar...

Vagabundo Social disse...

Oi Bill! Tudo légau? Eu adoro arroz e não fazia ideia que esse alimento contribuía tanto para engordar. Por enquanto não estou muito preocupado não, porque estou longe se ser gordo... O arroz doce é raro eu comer, mas é muito bom, é maravilha mesmo. Bill, abraço pra você e parabéns pelos três anos do seu grande blogue. Fique bem.

Menina Nina disse...

hahahaha Bom, muito bom esse texto!!! Olha o povo com medo do arroz!!!

Allyne Alves disse...

É fogo né? com doce pode é otimo.....e o teu professor Mijaro entao...nem se fala! hahaha...

mas nao faça do arroz um bicho de 70 cabeças, tadinho! hahaha...

tava morrendo de saudades daqui! Beeeijo

Memórias de Donha Baratinha disse...

Putz, muuuuitoooo bom o texto! Demais! Apesar do humor, as informações estão corretas! O arroz branco engorda pq faz o corpo acumular resíduos inúteis... O melhor mesmo é o arroz integral e, se o arroz doce for feito com leite de soja, arroz integral e o leite condensado de soja, poooode!
Adorei esta médica! kkkkkkkkk

Bjuxxx, Bill!

Ágatha Alves disse...

aaaaaai qeu triste, eu n vivo sem arroz, como arroz todos os dias, é engorda mais n to afim de tira-lo od meu cardapio, ate pq quando n como passo o dia com o estomago estranho, n sei porque hahaha.
Agora massa assim n sou tão chegada, apesar que amo macarrão etudo q vem da italia ai meu sonho. Como vc disse ai querida um dia conto aminha viagem apra Roma, Florença, Veneza hahaha e contarei mesmo.

Beijão, uma boa lição, mas sou teimosa n seguirei, deve ser por isso que to meio gordinha hahaha.

Olga disse...

HAHAHA nao me fala de comida... ai jesus.

cássia regina disse...

Adorei as dicas!
Ainda bem que arrumei um tempinho e vim aqui. J´á tô seguindo, e voltarei sempre que der.
:*

Umrae disse...

Eu não gosto de arroz branco, só do integral e do vermelho. Sorte a minha então, né?

Muito obrigada pela visita, o comentário me deixou realmente feliz.
Gostei muito daqui também, vários textos interessantes e coisas engraçadas.

Bjo

Nina disse...

Realmente, é tudo culpa do arroz.
Acho que cada colher de arroz deveria ser substituída por um copinho de Nutella. Afinal, "Além de ser deliciosa, Nutella é um alimento, rico em energia, graças à combinação perfeita de ingredientes de altíssima qualidade."

Alexandre Fernandes disse...

haha, hilário. Ri muito aqui com o bom humor do texto.

Ah o arroz, o grande vilão.

O doce é bom demais. O doce pode.
rs

Abraços.

Akire Anitsirk disse...

Ultimamente não ando comendo arroz... mas não é por causa do que a Dra disse, o meu arroz é de cesta básica e todo o arroz de cesta básica é horrivel de se comer (cozinhar então!).
Espero que o texto sobre arroz doce não demore, eu amo arroz doce =D
.
.
.
Bjocas

Adriana Brenna Gonçalves disse...

Primeiramente, devo observar que morri de rir, tanto com a equipe do jornal quanto com a matéria em questão, sobre os carboidratos.

Bem, obrigada pelo comentário lá no blog. Já respondi. Confira em: http://adrianagoncalves.wordpress.com/2010/04/22/ha-dois-lados-para-cada-historia/#comment-775

O novo post é uma enquete sobre spin-offs da saga, e ficaria muito feliz em ter sua opinião novamente.

bjuxx*
Até +

Isadora Beatriz disse...

teorias ótimas, asuhasuhasuusahushasa
beijos!

Aracy Crespo disse...

Bill,

Nunca me diverti tanto com uma postagem sobre dietas e carboidrato como essa muito bem bolada, amo tudo que contem massa, principalmente pizza, e hoje por coincidência meu genro me trouxe um prato com Arroz Doce, humm delicia.

Um excelente final de semana e fica com Deus...

Mirtes disse...

Ai!! Bill, que legal morri de rir, eu sou uma devoradora de carboidratos com peso de conciência rsrs.

Um ótimo final de semana para todos...

Beijos

Pamela disse...

Nossa, você salvou minha vida (menos Pamela). Mas o arroz não entra mais no meu prato por um bom tempo :D
Demorei, mas voltei \o/
"Antes tarde, do que nunca" é o que dizem por aí ;D

dianaBruna disse...

Pow, falando de comida.. só pra dar vontade...
=)
Obrigada pela visita noutro dia!

Lu disse...

finalmente alguém me entende!
cortei o arroz das minhas refeições diárias há tempos. só como quando o acompanhamento pede e olhe lá.
pra quem quer emagrecer: arroz e pão são os vilões da dieta.

e a propósito... fiquei curiosa pra saber das histórias na Itália.
=)

Bill, é a Lu do Correio Feminino. Mudei de casa!

beijos.

Flavio disse...

Tomara que a dieta dê certo e eu pare de engordar finalmente. Mas a sobremesa pode mesmo?
Abraços,
Flavio Pinheiro

Luana H. disse...

Como diz a minha vó, o que faz mal é não comer!


Meu queriiido... Perdão pela demora para responder os comentários!

Não consegui passar aqui no aniversário e comentar. Mas passei por aqui! Parabéns mega atrasado!
Muitos anos de blog ^^

Um beeeeijo e bom fds.

Sônia Silvino disse...

Adooooro macarrão como boa descendente de italianos.
Agradeço as suas visitas e pelo "tour", meu querido. Não é à toa que fiz um selinho pra você. rs
Bjkas, muitasssss!

Tony disse...

Oi Bill,

Adorei seu blog. Muito bem transado e textos divertidos, inteligentes.

Abraço

Tony

Carol Garcia disse...

Pior que é completamente verdade essa crueldade, o carboidrato nos odeia e devemos amar profundamente a proteina que nos ajuda a emagrecer e tonificar os musculos .
será mesmo que dá pra viver sem o arroz ?
beeijinhos ;)

VANUZA PANTALEÃO disse...

Bill, amigoooooo
Tô com as mochilas prontas, vou pegar a estrada para o interiorrrr(com sotaque) de São Paulo...rsrs
Eu voltoooooo
Bom domingo!Bjssss

Sueli disse...

Será que dá para você explicar melhor aquela parte do "abaixa-levanta, abaixa-levanta"? Será que é só quando se trata de colher arroz? ...

lpzinho disse...

Hahahahah olha só as coisas que eu costumo perder por não ser assíduo do seu blog! Hhahaha adorei.. fabuloso o texto!! E quanto ao todo... ando precisando tanto me cuidar, mas quem resiste? Do arroz e feijão até as mais saborosas lasanhas, tortas, salgados, doces... é dura a vida de quem tem fome hehehe
Amigo, mto obrigado pela tua visita... aliás, mais uma vez!! Foi bom demais manter blog este tempo, pq conheci pessoas fantásticas e vc com seu blog é com certeza uma delas! Vou continuar aparecendo por aqui e ver se te acho no orkut pra add!! Abraços do @LPzinho (no twitter hehehe)

JuJu disse...

Voltando para rir com seu post, com a Dra. Inocência e com prof. Mijaro. Você é sensacional, Bill.
...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário - no dia 03/05, que é um dia especial para o Felis catus!!!

Laís Dourado disse...

E da crueldade que fizeram com o pobre açucar ninguém fala nada?
Ele foi mais estigmatizado do que o carboidrato.
Exigo retratação, a culpa toda é do arroz!

Lua disse...

Gostei, muito culinariamente cultural. Mas ó, eu não me encaixei em nenhum das classe. Li o texto até o fim, mesmo assim, mas da próxima vez não se esqueça daquelas que até tem material, mas não sabem cozinhar. Definitivamente sou um desastre na cozinha! Maas, puxa, quanto às massas italianas serem boas não duvido mesmo não, os homens menos ainda! Céus! Voce já andou em Roma *-*
Realmente me deliciei com este post, em todos os sentidos! Sem falar que aprendi um pouco mais sobre o arroz... Nunca tinha parado pra pensar que aquele esforço todo é que deixava eles magrinhos. Achoque vou começar a plantar arroz e desistir da academia!
Beijos!

Josy disse...

Bill querido,
Passei só p deixar um beijo também.

Ágatha Alves disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Bill acho que não sou eu
a n ser que vc tenha carro e leve na concessionária para manutenção
ai eu ligo pra saber a sua satisfação
agora compra de ocisas, acho que não sou chata o suficiente para exercer esse trabalho
hahahahaha

Beijão

Sandra disse...

rsrsrsrsrs...Oi Bill,amigo querido!
Uau,que teoria...Imagina o feijão e o famoso bife sem o arroz nosso de cada dia?!Hum!
Menino,você acertou sim sobre a carica,é o Coalhada nos rabiscos...
Quero desejar à você e aos seus,uma semana iluminada e cheia de criatividade!
Fica com Deus e té+!
Bj!

Adriana Brenna Gonçalves disse...

Oi de novo!
Obrigada por seu voto na enquete "Quem da saga Twilight também merece sua versão?".
Já respondi, inclusive com uma pergunta.
Confere lá: http://adrianagoncalves.wordpress.com/2010/04/30/quem-merece-um-spin-off-na-saga-twilight/#comment-784

E já tem post novo na área.
Até +

Kamilla Barcelos disse...

A culpa toda é doa arroz? Pessoa obesas, culpa do arroz! hahaaha

Mas, para falar a verdade eu não gosto de arroz. Só como arroz se tiver feijão, se não tiver feijão, eu nem me arrisco. Arroz nem tem gosto! hahahaaha

Gostei do nome do japones! hahaha

Malu disse...

Passo para deixar um convite - conheça um novo espaço

http://in-percepcoes.blogspot.com

abraços

Sil.. disse...

Bill queridoooooooooooooooo (tava com saudade).
menino que locura de texto hehehehe.
Eu gosto de arroz, mas sobrevivo sem ele. Me dá uma pratada de batata frita e eu já to de boa hehehehe.
Agora...Adélia é maravilhosa mesmo né?
E vc a entrevistou? Jesusssssss, isso é privilégio e honra.
Eu queria ver Bill, me mostra, só pra eu ficar babando de inveja (Branca claro rs)
Um grande abraço meu querido, e com dias bonitos pela frente!!!

''Tay' disse...

Adorei,
tem teorias interessantes.

bjus =*

Denise disse...

Rindo até agora
no aguardo do arroz doce ,minha sobremesa favorita que só não como quase pq diziammmmmmm que engordava
ainda bem que vem vc para desbancar essa teoria (rindo)

carinhos de quem aguarda ansiosamente

Sofia A. disse...

Interessante o texto, mas não sou muito a favor de abolir certos alimentos em favor de estética, acho que é possível ser feliz consigo mesmo sem se privar de coisas que parar nós, são importantes.
O arroz é a base da alimentação brasileira, e não vejo porque banir um prato tão tradicional e saboroso.
Mas é só a opinião leiga de uma adolescente ;]


Um beijo!

Michele disse...

HAHAHAHA!
Gente, esse texto clareou a minha vida!

"Misturei quatro coxas de galinha (ou seja, duas coxas de uma galinha e mais duas coxas de outra galinha)..." - adoro coisa assim, bem explicadas! hahaha


Beijos!

Juliana Mendes disse...

podem falar o que quiseren...
de perigo coisa e tal..
Mas minha paixão pelo rangão não mudará..
amo amo amo!

Jeferson Diesel disse...

Eu gosto muito do arroz, e não posso dispensar ele no almoço... aiaiai passo fome

Melanie Brown disse...

NAO ACREDITO!!!!!!
To querendo emagrecer ao menos
1 kilo esse mês. E hj mesmo empanturrei o marmitex de ARROZ.

>-(

Droga!

cirandeira disse...

Olha, isso aqui tá muito bom!
Vou continuar comendo os dois:ah,ah,ah o arroz e o macarrão,
é claro! Gosto de alternar, pra variar, como otras cositas más,kkkkkkkk

Beijos (sumido!)

tossan disse...

O perigo do carboidrato, está no exagero. Quem come carboidrato diariamente e não faz atividade física contrairá o diabete logo ou mais tarde. Belo texto e divertido. Abraço

Cadinho RoCo disse...

Lá na praia levo vida outra em que substituo o arroz por peixe e pirão da melhor qualidade.
Cadinho RoCo

Anna disse...

hahahaha adorei!
eu tô ferrada de todos os levados, sou louca com arroz, sou louca por todo tipo de massa, adoro uma farinha... problema, muito problema!
beijos

E.Suruba disse...

o maior perigo é cometer carboícidio

Buba. disse...

O bom de ser gorda, é que você não engorda. Se é que me entende.

Jonas Rodrigues disse...

Ótimo, agora já sei o que dizer ao meu médico.
Té +.

Monique Premazzi disse...

Adorei o assunto. Nossa, eu sou VICIADA em arroiz e eu não consigo viver sem nunca. Não dá, já tentei. Se eu pudesse comeria uma panela de arroiz branco por dia, AMO de paixão KKKKKKKKKKKKKKK

ps: desculpe a demora para responder, é que estava sem internet.

:*

Lilá(s) disse...

teoria muito interessante! mas de momento ainda vou continuando a petiscar de tudo um pouco...
Bjs

lucia disse...

O Globo Repórter precisa fazer um programa só com a teoria do professor.
Muito boa!

Suziii disse...

ooooi Bill...
Obrigada por comentar no meu blog.. Se quiser segui-lo ficarei muito feliz...
Seguirei o seu blog tbm.. ah e Parabéns, o blog é excelente..

beijoos fica com Deus!

Valéria Sorohan disse...

Gostei de tudo o que li, mas como uma boa brasileira que sou, não fico sem meu arroz com feijão..rs

BeijooO'