lobo e lua

lobo e lua

13.2.08

Idosos lutam contra a burocracia brasileira

Jânio OB
ENVIADO ESPECIAL AO SUPERMERCADO

A burocracia brasileira aumenta a cada dia. O povo tem que se submeter a uma série de vexames para conseguir sobreviver. Em Brasília, já criaram até o Ministério da Pesca, e agora estão pensando no Ministério da Caça. No entanto, o Ministério da Desburocratização, criado ainda durante a ditadura militar (1964-1985), foi pras cucuias há muito tempo. Motivo? Excesso de burocracia.

Mas, a reação popular vem de onde menos se espera. Não vem de jovens intelectuais, nem de socialistas de boutiques, nem de dirigentes sindicais, nem de surfistas. A reação vem de uma parcela excluída da sociedade. Não, não estamos nos referindo aos assaltantes, nem aos desempregados. Estamos falando dos idosos, que são tratados como débeis mentais por uma sociedade pretensamente sã.

O Jornal da Lua, sempre em defesa dos humilhados pela sociedade de consumo, acompanhou a revolta de uma idosa, obrigada a passar seguidos vexames nos supermercados da vida. Seguimos a triste sina de vovó Favinha, que foi ao supermercado e colocou uma ração de gato no seu carrinho.

Nossa reportagem ouviu quando a moça do caixa disse:
- Me desculpe, mas não podemos lhe vender a ração de gatos sem provas de que a senhora tenha realmente gatos. Muitos idosos compram ração de gatos para comer, e a gerência quer provas de que a senhora esteja realmente comprando a ração para seu gato.

Vovó Favinha, sem outra alternativa, foi pra casa, pegou o gato e o levou ao supermercado. Só assim eles venderam a ração de gato para ela.

No dia seguinte, acompanhamos vovó Favinha novamente. Ela tentou comprar 12 biscoitos para cães. A caixa, mais uma vez, pediu provas de que ela realmente tinha um cão, explicando que idosos costumam comer ração de cachorro. Frustrada, vovó Favinha foi para casa e voltou com o seu cachorro.

No terceiro dia, vovó Favinha trouxe uma caixa com um buraco na tampa e pediu para a moça do caixa colocar o dedo no buraco.

A caixa disse:- Não, pode ter uma cobra aí dentro.

Vovó Favinha assegurou que não havia nada na caixa que poderia mordê-la. Então, a moça do caixa colocou o dedo no buraco, tirou e disse:

- Hummm... Tem cheiro de merda!

Vovó Favinha então sorriu de orelha a orelha e disse:- Agora, minha querida, eu posso comprar três rolos de papel higiênico???


"No Brasil, a única coisa que funciona (e, mesmo assim, tem muita gente que reclama) é o Carnaval!"
Francisco Freitas, colunista anti-social do Jornal da Lua

37 comentários:

Patty disse...

Que desrespeito com a vovó Favinha, ainda bem que ela soube dar o "troco"...rss

Beijos!!!

Saramar disse...

rsssssssssss...
bem feito, bem feito, bem feito!!!!

beijos

Vieira Calado disse...

Aqui também, o Carnaval.
Mas nisso nós somos muito melhores:
Temos o Carnaval da Política, o ano inteiro!
Um abraço.

Anônimo disse...

Bill
Vamos casar e morar na lua............urgenteeeeeeeee!!

beijos mil!
elisabete cunhaFALCAO!

Adri - Dri - Drika disse...

Bill conceteza que sobre mais com a burocracia desse pais são os idosos, para os jovens já é complicado imagia para eles que a saúde já esta um pouco debilitada... gostei da ilustração... rs, acho que nao vai demorar muito pra virar isso ;) Bju

maristela disse...

Bill. Será que se eu levar a merda de meu velho pai até o hospital para provar que ele realmente precisa ser atendido em MENOS DE TRES HORAS para um exame de sangue, obterei sucesso? Ou, então, se fizer o mesmo com o INSS para provar que ele não tem como sobreviver com 600 pilas por mês, os caras aceitarão a revisional dele? bj de sua burrinha correspondente

Teresa disse...

hahaha
muuuito bom

a velhinha foi esperta

pena que essa burocracia do Brasil só atrasa as nossas vidas neh?

engraçado... não há burocracia pra usar cartões corporativos nem dinheiro público... mas pra a gente gastar nosso PRÓPRIO dinheiro é o maior processo.

=*

Bridget Jones disse...

Esta vovó Favinha é das minhs viu? A burocracia hoje em dia está acabando com os direitos adquiridos naturalemente, como por exemplo o de ser analisado por duas psiquiatras honorárias (leia-se sem diplomas).

Estão querendo que comprovemos nosso conhecimento, acredita? Mas eu e Dra Lee ja estamos verificando a possibilidade de comprovarmos nossas horas/estagio no tratamento de doidinhos!

É a burocracia acabando com a liberdade de análise.

Riobaldo disse...

Mestres das Baterias:
Boa, essa da velhinha, embora eu já conhecesse contada em inglês. Ela circula há uns 10 anos. Supermercado nenhum ia fazer aquelas perguntas no Brasil. Coisa de americano. Mas a história é boa em qualquer língua.
Agora, essa outra de que a única coisa que funciona no Brasil é o carnaval, é verdade: a única coisa que funciona no Brasil é o crime, organizado ou não. As escolas de samba do Rio são, digamos, o lado divertido do crime que financia a festa.
No mais, tive hoje boa surpresa lendo esse jornal da lua. É o único que tenho visto que só fala a verdade.

JuJu disse...

Diga para a Vovó Favinha que ela é demais!
Toma, caixa de supermercado!
...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

Bruna disse...

Oi Bill,

Esperta essa velhinha.Á ignorância sempre toma, né?
Realmente os idosos são tratados como debilóides aqui no Brasil. Eu tiro pela minha nonna.

O Aliciante mudou de endereço. Anota ai: http://bruna-testandotudo.blogspot.com


Beijo grande

Ricardo Rayol disse...

isso sim é protesto!

Jaya disse...

Não é tão novidade assim as coisas desinteressantes e nada importantes funcionarem a todo o vapor.

Texto bom, como sempre. Críticas agradáveis de serem lidas por nós, do outro lado.

Beijos.

Sueli disse...

Bill, estou pensando cá com os meus botões, o que Vovó Favinha teria de levar ao supermercado se tivesse de comprar camisinhas? ... ?

Sheherazade disse...

Ah! A proverbial sabedoria dos idosos!!!


Beijão, Bill!

adelaide amorim disse...

:})))))
Abraço pra você, Bill.

Nadezhda disse...

Na hora que as coisas devem funcionar, não funcionam. (Como por exemplo, na venda de bebida/cigarros para menores).

Mas bem feito pro supermercado ;)

Betty disse...

Palmas para Vovó Favinha!
Pena que a maioria dos idosos se intimidem diante de situações semelhantes...

Anônimo disse...

gosto do teu jornal pq apesar de estar aí todas as verdades dá paa gente rir um pouco mesmo ás vezes não sendo casio para isso. ja vi aí num comentario um pedido de casamento urgente:) eu pposso ser a madrinha ? :)
bom dia dos namorados ,hje deixo um poema k vai sair num livro espero k o venhas ler e me des a tua opnião
bjo
carla granja

alex e! disse...

...HAHAHAHAHAHA!!!!!! simplesmente genial!!!!! usar o humor pra tratar de um dos sérios problemas desse mundo foi realmente o máximo. Muito bem bolado, adorei!...

Mylene Ribeiro disse...

kkkkkkkkkkkkkkk

Esse é o seu, o meu, o nosso Brasil Bill !!!

E a velhinha coitada ?!

SE vc quiser eu ajuda ela a processar esse mercado, como assim ?!

Uma senhora de idade ter q ficar indo e vindo por aí ?!

rsrsrsrsr

Só vc hein !!

* E ah, como assim vc vem frustar meus sonhos de morar longe e só ?!

Bjao

Andreia disse...

hahahahahaha às vezes até nós que ainda somos jovens temos que dar uma de Vovó Favinha!

Beijos!

Marcela disse...

Larga mão de ser tão pessimista, Clinton uahauhauhuahuaa
Ah, e sobre essa postagem, eu nem sei o que dizer.. achei mooooito hilária... e pensar que eu encaminhei o email apelativo que vc mandou pedindo divulgação... kkkkkkkkkkkkkkkkk
Um beijo

Bridget Jones disse...

Vim ver se tinha post novo mas ja que não tem aproveito a viagem para convidar a dar uma passadinha lá no "Sou para-raio de doido!" que sempre carece de vossa presença ilustre!

Bjos

Natália disse...

hehehehe... As pessoas duvidam da sanidade de todos os velhos, sem se dar conta que alguns são mto mais inteligentes!
Adorei! rs
Bjus!

Nana Lopes disse...

KKKKKKKKKKKKKK
Fiquei fã da Vovó favina!!

Layla Lauar disse...

hahahahhaha bom por demais.Adorei, precisava dar umas gargalhadas.

beijos Bill

Kamilla Barcelos disse...

Tem 2 selos no meu blog p/ vc!
Adorei esse post.
Eu adoro os idosos, principalmente aqueles q não deixam a idade ser um empecilho p/ viver!!!

Biah♥ disse...

rsrsrsrsrs...
Me diverti a valer...
Adoorei essa piada...
Muito funny...
Bjoooks;
=D

Leticia disse...

Vida longa a vovó Favinha!

Jaya disse...

Como assim você some lá do blog?
Não quero mais conversa também!
Cha-to!

¬¬

Rs.

Amanda Bia disse...

eu tinha lido isso já! triste! mas tá quase ficando assim mesmo!
beijos!

mãe global disse...

Bill
Essa foi sensasional, adorei a vovó Favinha, que fofa! O que não é engraçado é a burocracia no nosso país. Parabéns pelo post!
Bjs,
Rosana

Magui disse...

Boa piada.

Priskka disse...

Eu ia adorar escrever para um jornal tão divertido como o seu, viu, Bill?
Bjo

menina lunar disse...

coitadinha da velhinha.
e de nós.

beijo Bill!!

=D

Ana Paula disse...

Ahahahah! Muito boa...

Velha tô eu, que me lembro do Ministério da Desburocratização!