lobo e lua

lobo e lua

26.12.10

Então, é Natal?!


Rúbia Gondim
BLOGUEIRA CONVIDADA

Recebi durante a semana uns 3957 e-mails, 2573 scraps, 102 mensagens no Facebook, cerca de 75409327584 tweets e algumas DMs desejando-me um “feliz Natal” em cartões enfeitados com renas, neve, o bom velhinho, dingo bells e tudo que o photoshop dá direito. Algumas (sei lá, umas 3 ou 5) pessoas citaram o nome de Jesus. Diziam eles, trocando em miúdos, que Jesus é capricorniano. Engraçado isso, porque Capricórnio é signo de quem nasce em dezembro. Ele no máximo é de Áries. Talvez meus amiguinhos tenham trocado os nomes, porque quem faz aniversário nesse dia é Mitra, um camarada chegado em vinho e pão.

Dois milênios depois que Constantino instituiu o 25 de dezembro como Natal, ver filmes hollywoodianos em que os pais dizem aos filhos que o presente embaixo da árvore de plástico foi deixado durante a madrugada por um sujeito gordo, velho e barbudo que desceu pela chaminé, virou costume. Como a vida imita a arte, essas fantasias ainda são alimentadas na cabeça dos pivetes. Mas isto traduz o espírito de abnegação do Natal, já que você se mata durante 12 meses pra comprar o presente mais caro na Ri Happy e quem fica com os créditos de bom velhinho é o Noel; você fica apenas com o nome no Serasa.

As crianças da Etiópia são malvadas, por isso ficam sem presentes no dia 25 de dezembro. Isso não importa muito, já que lá eles não comemoram o Natal. Aliás, lá eles não comemoram nada! O que há pra se comemorar ganhando U$ 94,00? Já que Noel não investe em presentes para os famintos etíopes, decidi colocar em minha cartinha um Troller T4, um Wii e um apê em Dubai. Coisinha singela para que o espírito natalino se manifeste em meu coração, assim como se manifestou no coração de Edir Macedo, Estevam Hernandes, bispa Sônia e outros corruptos universais, assembleianos, pentecostais… Só espero que Noel não seja onisciente – como o Google – senão eu fico até sem as meias que minha avó insiste em me dar todo ano, todo ano, todo ano!

Mas, o Natal tem outro objetivo além de ficar de folga, comer peru e panetone, aprontar e ficar ileso porque seus pais querem manter a harmonia familiar (pelo menos na frente dos convidados para a ceia), ganhar presentes nos N amigos ocultos que você participa (mesmo sem querer), entrar de férias e encher a cara na frente da sua sogra, sem que isso seja uma ofensa para aquela alma pura… E esse objetivo transcende todo rancor guardado em nossos corações, é maior que qualquer sentimento mesquinho e atos sujos. Devemos prestar atenção no ser magnífico, altruísta, humilde e, ainda assim, superior: o papa. Alguém lembra o nome desse cara que substituiu o João Paulo II? Seja quem for, não quero ele entrando de madrugada na minha casa, ainda mais se tiver alguma criancinha por perto. Michael Jackson que me livre!

Rúbia Gondim pode ser encontrada aqui.

23 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Adorei o texto, muito bom!

Beijocas

Sueli disse...

Tenho a grande sorte de ter uma família realmente amiga e maravilhosa (talvez por ser pequena) e, então, não me enquadro totalmente no seu texto, pois Natal para nós é somente uma real oportunidade, até mesmo favorecida pelo feriado, incentivo externo e tradição, de estar todos juntos em clima de festa. Adoramos as trocas de presentes (confesso que também não vejo qualquer relação com o que deveria ser o Natal, mas...) e as comidas gostosas, enfim, a oportunidade de uma reunião familiar sem que nunca algum de nós tenha arrumado ou desejado um outro compromisso. Fora isso, concordo plenamente com você, quanto ao resto do texto, aliás, muito bem escrito. Parabéns!

''Tay' disse...

Muito bom o texto, acho que o sentido de Natal é algo que se perde ao longo dos anos.

bjus =*

Beta disse...

Olá!
Chegando para te desejar que 2011 venha repleto de surpresas maravilhosas p vc!!

Aproveito para informar que, para abrir maravilhosamente este novo ano, o Mix e a Andros Editora estão com uma mega promoção imperdível!
Passe lá: http://www.mixculturainformacaoearte.com/2010/12/mega-promocao-andros-editora-e-blogs.html

Aviso tb que:
PERCEBI, VISITANDO MEUS SEGUIDORES E OS BLOGS QUE SIGO, QUE NÃO ESTOU COMO SEGUIDOR DA MAIORIA DELES. E NÃO CONSIGO SEGUIR, DIZ QUE O DONO DO BLOG ME BLOQUEOU...
QUERIDOS ESTOU SEGUINDO VOCÊS SIM VIU? SÓ NÃO CONSIGO MAIS ME INSCREVER NOVAMENTE NOS SEGUIDORES...

Atreyu disse...

Meio que se perde e meio que continua, o Natal é uma data muito bonita.. não tem como não se envolver

Belle disse...

se pensarmos pelo lado materialista da coisa.. de fato o natal é ficar de folga e comer mto!!! mas o sentido vai bemmmm além disso...
Feliz ano novo p vc!!!
bjossssssss

Laís disse...

Cada um vê o Natal de um jeito,mas o significado fica esquecido com tudo o que passa na TV e martela todos os anos,a ideia de só comemorar,ganhar presentes,cidade decorada.Mas o Natal é bem mais que isso,mas a educação que temos é o que enxergamos.

beijo,feliz ano novo!

Larissa disse...

Nossa, adorei, verdadeiro e bem humorado!
O natal é uma grande farsa. E esse espírito natalino implantado apenas em um dia do ano? O dia em que a gente fica sensível e perdoa, o fatídico dia pra fazer o bem, sem olhar a quem. Um dia, de outros 364.
E as reflexões que só vêm nesse dia?
Acho que deveriam estar presentes por todo o ano, em todos os momentos da vida. O Natal não é mais do que isso... é uma ode ao sistema. Mais do que isso seria se tivéssemos essa bondade pregada por todos durante todo o ano. E não falo de não pecarmos... (pecado, será que existe?). Falo do amor ao próximo.

um abração e feliz ano novo a todos do blog!
;*

Lu Dantas disse...

Gostei do texto, viu!

Já que o Natal passou, aproveito para desejar Feliz Ano Novo

Bjs

Carolina disse...

Bill queriiido

passei por aqui pra ler este etxtos ótimos e desejar um Feliz 2011!!!

Muita energia, paz e luz.

bjão

José María Souza Costa disse...

Feliz 2011
Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo Agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Se tiveres tuiter, e desejar, é só deixar que agente segue.
Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Josy Poulain disse...

Pois é, parece que o natal perdeu o sentido, se é que algum dia teve algum. Bom, p mim acho que tem, pode até não ter o mesmo sentido de nascimento de cristo ou papai noel, como para as outras pessoas, mas, certamente tem... :)

Enfim,

Um 2011 repleto de coisas hipermegaultraboas Bill, tudo de melhor.

Dora disse...

Eu vou ser sincera: o Natal não me atrai. Adorei o texto. As pessoas não sabem mais o que significa o Natal, só o comércio... rs
Mesmo assim, passei pra desejar coisas lindas e doces em 2011 pra vocês.
Um cheiro grande.

Josiane Belaver disse...

Olá Bill, pois é, andei sumindo rsrs mas agora de férias acho q as coisas voltam ao normal... Bom, sobre o texto: Adorei! E pra mim o natal passou, mas nem parecia natal :/
sei la, acho q a cada ano vai ficando pior até sumir de vez... Ou virar definitivamente motivo pra comprar presente, por um motivo q ninguem saberá o porquê.

Magui disse...

Ainda mais que é escravo de TV a cabo.

Vicky Doretto disse...

Oi! Feliz 2011!

Texto muito bom e reflexivo.

PS: Não sei porque a Nova Zelândia... eu gosto, eu acho, desde muito nova >.<

BJão

Carol Garcia disse...

USHAUSHSUH, sinceramente nesse texto você usou toda forma livre de expressão que vc tinha :)
:D

JuJu disse...

Como o Natal é um negócio complicado, hein... Ainda bem que ainda existem algumas almas que continuam insistindo em comemorar o Natal da forma como ele deve ser comemorado. Eu conheço algumas almas assim... Ainda bem.
...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

Cadinho RoCo disse...

O feriado do Natal é tão eclético que muita gente sequer se dá conta de que é uma data cristã.
Cadinho RoCo

Insana disse...

Que venha 2011, pois
Será o ano do Sol a iluminar. Grandes e Pequenos Passos.
Será ano Impar unilateral
Será o ano do Coelho multiplicador

Plante a semente da vontade
Regue com o dose desejo
E terá bons frutos para colher..

Um feliz 2011 da Insana

OBS desculpe a ausência nas festas..

Kamilla Barcelos disse...

Nossa, que ousadia, num só texto! Bill, meu caro, acho que o Natal virou uma data importante para mim, desde aquele meu antigo texto sobre como se comemorava Natal aqui em casa. hahahaha Velhos tempos!
Ah, muito obrigada pelos elogios que você me fez lá no blog da Anna Vitória. (já te agradeci aqui? Estou na dúvida! hahaha)

beijos

Lívia Inácio disse...

kkkkkk

Nossa!

Vanuza Pantaleão disse...

Eu não comi peru no Natal, hahahahaha.
Bill, meu querido, andei muito enrolada nesse final de ano, mas agora estou desenrolada. Mulher sofre, sabia?

Amigo, um maravilhoso 2011 e continue assim, você é ótimo!
Beijos!!!